Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Motorizadas esquentam hoje Malanje

17 de Fevereiro, 2018

Pilotos de motocross mostram hoje percia na prova que Malanje acolhe

Fotografia: VIGAS DA PURIFICAO| EDIES NOVEMBRO

O despique entre Zigue Ferreira e Augusto Congo “Agugu” vai ser o ponto alto da atracção, na disputa para a categoria dos 250cc do Grande Prémio de Malanje, a ter lugar hoje a partir das 13h00, em alusão às festas da cidade.
Promovido pelo governo provincial e organizado pela Associação Provincial de Motocross de Luanda, o evento está programado para duas mangas de distintas categorias (250cc, 150cc e moto 4), num total de 20 pilotos de Luanda e um número alargado de pilotos residentes e provenientes de outras províncias.
O campeão angolano, Fernando Baptista, e o vice -campeão de Luanda, Zé Cazenga são as ausências de maior realce, além da desistência do piloto de nacionalidade namibiana, Ruhan Gous, em virtude da desistência do Team Dinamith por alegada falta de competitividade ao nível do piloto que arrebatou o título provincial da capital na edição passada.
Desde as primeiras horas de ontem, na cidade da Palanca Negra, a caravana de pilotos e membros de equipas luandenses foi recebida com grande honra pelas autoridades províncias e pelo público local, realizou-se no período vespertino uma sessão de treinos colectivos, que deixou transparecer a motivação dos concorrentes e a euforia dos aficionados presentes em grande massa na pista.
O presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Carlos Soweto, mostrou-se regozijado com as excelentes condições de trabalho colocadas ao dispor da instituição sobre sua alçada, garantiu todo o empenho dos efectivos que dirige, para que o certame seja coroado de êxitos, que passa pela organização do vasto púbico que espera ser contemplado com um espectáculo de primeira água.
Com temperaturas agradáveis, a bafejarem as terras de Pungo Andongo e Kalandula, os pilotos da capital sentem-se reconfortados e aproveitaram o final de tarde para efectuarem passeios pelas artérias da cidade, em simbiose fraternal com as populações, de forma que o apoio no circuito em busca de resultados satisfatório é uma garantia.
O director -geral do Team Dianamith, Rui Moreira “Pituca” lamentou o facto da sua equipa não estar presente na prova,  justificou devido aos encargos que envolvem a deslocação do piloto namibiano, Ruhan Gous, ao evento que além de não ser pontuável para o Provincial de Luanda, está desfalcado de pilotos que podiam dar alguma réplica ao campeão em título.
“Estamos satisfeitos com o convite que nos foi endereçado pela organização, e fizemos  diligências para fazer parte da festa, mas não era estratégico levar o Ruhan Gous para a competição, uma vez que pilotos como o Zé Cazenga, Jandir Talaia, entre outros, não estão presentes. Desta forma, aproveitamos para criar condições com vista ao arranque do campeonato provincial, cuja data está muito próxima”, justificou Rui Moreira “Pituca”.