Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mrio Fernandes entra em funes

29 de Dezembro, 2016

Mrio Fernandes concorreu sua sucesso

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Federação Angolana de Natação, Mário Fernandes, defendeu terça-feira, em Luanda, a necessidade do seu elenco manter-se unido no trabalho, visando o crescimento da natação nacional. A direcção aspira lutar por medalhas olímpicas no Tóquio’2020.

Falando na  cerimónia de tomada de posse, realizada no Complexo da Piscina do Alvalade, o dirigente referiu que o ano de 2017 vai ser de muito desafio,  a julgar pelo momento económico actual. Por isso,  toda a inteligência, perspicácia e espírito de  vão ser necessários para evitar o decréscimo do bom nome que a natação angolana conquistou no continente africano.

Contudo, acrescentou que se registaram mudanças qualitativa e quantitativa na modalidade nos quatro anos do seu primeiro mandato. Ainda assim, trazem novos métodos reforçados para reforçarem o processo de massificação nas 18 províncias, tendo como objectivos a multiplicação do surgimento de talentos para elevar as cores nacionais nos Jogos Olímpicos.

Mário Fernandes aproveitou o momento para felicitar  a selecção nacional de Sub-20 pelo empenho  e conquista de seis medalhas, entre as quais uma de prata e cinco de bronze, no torneio de natação dos sétimo Jogos da Região V do Conselho de Desportos da União Africana. A equipa melhorou a exibição e o resultado de 2014, em Bulawayo, Zimbabwe. Naquele evento, não subiu ao pódio.

Por outro lado, Mário Fernandes apelou à importância do Executivo reforçar o apoio institucional e financeiro.  É o suporte para a vinda e a busca de mais vitórias e sucessos.

 Mário Fernandes concorreu à sua sucessão no pleito realizado no inicío do mês corrente. As eleições foram organizadas pela comissão eleitoral dirigida por Domingos Torres, membro do Comité Olímpico Angolano e Director Nacional de Desporto escolar.

Mário Fernandes
entra em funções

A direcção reeleita da Federação Angolana de Natação já trabalha desde ontem no plano de acção para o ciclo 2016-2020, depois de tomada de posse na última terça-feira. A parceria com o Ministério da Educação na formação de professores de educação de física especializados em natação para as escolas públicas constitui a principal missão. Mário Fernandes e companhia pretendem elevar os índices de massificação .

A cerimónia de tomada de posse ocorreu na piscina do Alvalade, diante de Domingos Torres, presidente da Comissão Eleitoral, e de representantes das Associações provinciais, atletas e ex-praticantes. Para o sucesso no ciclo olímpico 2016-2020, Mário Fernandes conta com apoio de Agostinho van - Dunem na presidência da Mesa da Assembleia Geral, Giza Martins é vice-presidente e Yuma Munana, secretário.

Na direcção, Mário Fernandes é coadjuvado por Ana Lima e Pedro Mbidingani nas vestes de vice-presidentes e de Mário Simões, secretário geral e tesoureiro. Maria Vander-Kellen preside ao Conselho Fiscal. Joaquim Pestana é o presidente do Conselho Técnico. No Conselho de Arbitragem, Osvaldo Morais é o presidente. Manuel Neto é o presidente do Conselho de Disciplina. Sandra Alves é o presidente do Conselho Jurisdicional. Wakujika Inglês é o secretário.
RP