Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Márquez larga da "pole"

05 de Junho, 2016

Marc Márquez larga na fila de frente para o GP da Catalunha

Fotografia: AFP

Marc Márquez tirou o máximo proveito da melhoria demonstrada pela Honda na configuração de F1 de Montmeló. O bicampeão mundial não perdeu a oportunidade e cravou ontem a sua melhor marca em 1min43s589, tempo que lhe garante hoje a pole-position para o Grande Prémio de Catalunha da MotoGP. O espanhol da Honda vai ter a companhia de Jorge Lorenzo, da Yamaha, e Dani Pedrosa, o seu colega de equipa, na primeira linha.

Com uma desvantagem de 0s4, Jorge Lorenzo viu-se impedido de liderar a corrida de hoje em Montmeló. O traçado da corrida resulta do acidente fatal de Luis Salom. A direcção do Mundial do Motociclismo optou por abandonar o tradicional traçado e usar o layout da F1. Embora o tempo de volta tenha ficado um tanto mais alto nessa configuração, a velocidade máxima aumentou, já que os pilotos passam pela curva final em maior velocidade e chegam à recta com um ritmo maior.

A mudança parece ter beneficiado a Honda, que apareceu mais forte já no terceiro treino, o primeiro com o novo layout. A configuração de pista tira um pouco da vantagem da Yamaha em ritmo de curva.

Sempre a aproveitar o vácuo da concorrência, Héctor Barberá cravou 1min44s322 e vai abrir a segunda fila da grelha, à frente de Valentino Rossi. O italiano conseguiu o quinto lugar na sua última volta.

Candidato à pole até então, Maverick Viñales terminou em sexto, à frente de Cal Crutchlow. Andrea Iannone ficou com o oitavo lugar, com Danilo Petrucci e Andrea Dovizioso a fechar o top-10.

HOMENAGEM A AVÓ
E COLEGA SALOM


 Marc Márquez garantiu a posição de honra na grelha com 0s467 de vantagem sobre Jorge Lorenzo, o segundo classificado. Após a sessão, Márquez admitiu a surpresa com a marca, mas afirmou que a Honda fez mudanças no acerto da RC213V que deram um bom resultado.

“Honestamente, fiz um tempo de volta muito bom. Provavelmente, não esperava”, comentou.
O bicampeão revelou que a equipa japonesa fez "uma revolução na aceleração", que o deixou encantado.

“Sentimo-nos muito bem, mudamos até que bastante o setup para o quarto treino livre e encontramos algo que não tínhamos antes”, indicou.
Marc Márquez aproveitou para dedicar a pole à sua avó, que faleceu recentemente, e a Luis Salon, que morreu em decorrência de um forte acidente na segunda sessão de treinos livres da Moto2 na Catalunha.

“Estou muito feliz em estar na pole-position. Estava lá a tentar a fazer a minha melhor volta, mas essa pole-position, como não sei o que vamos ter amanhã (hoje), quero dedicá-la à minha avó e também ao Luis Salom”, concluiu.