Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mrquez triunfa na Alemanha

16 de Julho, 2018

Marc Mrquez reforou a liderana no Grande Prmio da Alemanha

Fotografia: Dr

O espanhol Marc Márquez não deu espaço à concorrência, com um triunfo claro, ontem, no Grande Prémio da Alemanha, prova que foi uma das mais animadas da temporada de 2018 da MotoGP
Marc Márquez não fez a melhor largada, indo de primeiro a terceiro. No entanto, com paciência, aos poucos melhorou o seu ritmo de corrida, sempre a primar por poupar os pneus.
Depois, passou Danilo Petrucci, rigorosamente, na metade da corrida superou Jorge Lorenzo. A partir daí, não viu mais ninguém à frente. Mesmo com a ultrapassagem de Valentino Rossi a Lorenzo e a tentativa do italiano de pegar o 93, Márquez apenas esperou o momento certo para travar o italiano e ir embora.
Rossi ficou com o segundo lugar. O italiano largou bem, foi de sexto para quarto, e aos poucos passou pelas Ducatis de Petrucci e Lorenzo, mas não teve que fazer com o desempenho de Marc Márquez.
Maverick Viñales, mais uma vez prejudicado por um início ruim, voltou com tudo no fim da prova. Depois de chegar a ser sétimo classificado, recuperou nas últimas voltas e assumiu o terceiro lugar de Danilo Petrucci, a uma volta e meia do final.
O quinto foi Álvaro Bautista, que no fim passou por Jorge Lorenzo - único a escolher o pneu dianteiro macio. O espanhol perdeu desempenho no final,  chegou em sexto, uma posição à frente de Andrea Dovizioso.
A anunciar a aposentação no fim do ano, neste final de semana, Dani Pedrosa foi o oitavo, à frente de Johann Zarco e Bradley Smith, que fechou o top-10 a fazerem as honras da KTM, após Pol Espargaró abandonar  na primeira volta, por colidir com Álex Rins.
A próxima etapa da MotoGP ocorre em Brno, na República Checa, no dia 5 de Agosto.
Na tabela de classificação, Márquez lidera com 165 pontos, à frente de Valentino Rossi com 119 pontos, enquanto Vinãles é terceiro com 109 pontos

MOTO2
O piloto português, Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, foi ontem o quarto classificado do Grande Prémio da Alemanha de Moto2,  ficou mais perto da liderança do Mundial de motociclismo de velocidade, após nove provas.
Binder completou as 28 voltas no traçado em 39.46,306 minutos, enquanto o espanhol Joan Mir (Kalex) foi o segundo, a 779 milésimos, seguido pelo italiano Luca Marini (Kalex), a 933, e o piloto de Almada, a 2,143 segundos.
O italiano Francesco Bagnaia (Kalex) terminou em 12.º,  conservou a liderança do Mundial, com 148 pontos, mas viu Miguel Oliveira colocar-se a sete pontos de distância.
Na sequência de uma queda do compatriota Mattia Pasini, que tinha largado da \'pole position\', Bagnaia viu-se obrigado a sair da pista, na segunda volta, desceu para o 25.º lugar, hipotecou as hipóteses de uma boa classificação no circuito da Saxónia.
O espanhol Alex Márquez (Kalex), o mais directo perseguidor de Oliveira, não foi além do 13.º posto,  também perdeu terreno na luta pelo título.
O português, na próxima época vai saltar para o MotoGP, a categoria rainha do motociclismo de velocidade, procurava na Alemanha o seu segundo triunfo da temporada, depois de vencer o Grande Prémio de Itália, sexta prova do calendário.
O Grande Prémio da República Checa, décima das 19 provas do Campeonato do Mundo, realiza-se a 05 de Agosto, em Brno.