Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Muandumba apela à mudança de mentalidade

João Francisco - 14 de Janeiro, 2016

Ministro da Juventude e Desportos invoca o amor à pátria e o profissionalismo

Fotografia: José Cola

O ano de 2016 caminha a passo de camaleão e arrasta consigo desafios para os gestores desportivos em Angola. A mudança de mentalidade e de comportamento constituem premissas para a realização de tarefas emanadas da confiança dos filiados. A apreciação é do ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba.

Num momento em que se soltam gritos de socorro para evitar as desistências das equipas em diferentes campeonatos nacionais, o ministro da Juventude e Desportos assegurou que "durante muito tempo, trabalhámos, jogámos e competimos muito com base nos prémios de jogo".
Face à contenção financeira, resultante da crise económica, Gonçalves Muandumba sugeriu o caminho para se alcançar o sucesso.

"Hoje, temos de trabalhar mais com base no profissionalismo, na atitude, na competência, no amor à camisola e à pátria! Temos de começar a considerar mais esses valores, que nos dignificam e nos inspiram a ter uma atitude mais firme diante das competições e de outros desafios”, apontou.
Com uma convicção forte, Gonçalves Muandumba considera que este é o momento de viragem e tem de ser entendido e assumido por todos.

“Se queremos um país de que nos orgulhemos, se queremos uma Angola melhor para todos, temos de trabalhar juntos com vista a atingir um único e o mesmo objectivo: a organização, o mérito e a responsabilidade, como eixos estruturantes", disse.

Para incentivar a imaginação dos funcionários do Ministério da Juventude e Desportos e de outros dirigentes desportivos, o pelouro vai atribuir no dia da instituição, prémios e diplomas de mérito. Os desafios da equipa de Gonçalves Muandumba, estendem-se também ao lançamento de Cartão Jovem, a organização dos Jogos da SADC, em Luanda, e coordenação do Comité de Angola aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro'2016.

O sucesso das actividades programadas depende da comunicação, segundo Gonçalves Muandumba. "O ano de 2016 é da continuação de projectos em diferentes áreas. A comunicação é uma área central, que devemos fazer mais e melhor. Importa que saibamos comunicar e comuniquemos sempre, tenhamos em atenção o feedback, pois deste modo evitamos ou minimizamos o ruído na comunicação. Para estarmos em sintonia, este é o nosso compromisso”, realçou.
JOÃO FRANCISCO