Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Muandumba encoraja cadetes

Silva Cacuti - 16 de Fevereiro, 2014

Ministro da Juventude e Desportos visita os cadetes angolanos

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de andebol em cadetes masculinos, que prepara a participação no campeonato africano da categoria, de 14 a 22 de Março, em Nairobi, Quénia, ganhou ontem novo alento nos trabalhos com a visita-surpresa do ministro angolano da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, enquanto cumpria a única sessão do dia, no pavilhão principal da Cidadela.

Depois de assistir a alguns minutos de treino, o governante conversou demoradamente com a equipa técnica e no final falou da sua satisfação em relação pelo que viu.

"Vimos e quero enaltecer sobretudo a dedicação e o empenho do treinador dos jovens, são cadetes, muito jovens, o que quer dizer que vamos levar uma equipa completamente renovada. No último africano ficamos em terceiro lugar e a perspectiva do treinador é manter ou melhorar, isso indica que estão lançadas as bases para termos no futuro uma selecção sénior masculina forte", comentou.

O ministro felicitou o trabalho no andebol e augurou um futuro de sucesso para o sector masculino.

"O que queremos é que todos os que ingressam na selecção sénior venham dessa cadeia, cadetes, juniores e, sobretudo, que participem em competições internacionais para terem traquejo e experiência. Acho que nesse sentido, está a trabalhar-se muito bem. Recomendo aos jovens atletas que mantenham o empenho, o espírito de missão e disciplina com que estão a trabalhar", disse.

Muandumba disse ainda que está garantido o apoio para a preparação e participação da Selecção Nacional no campeonato africano. 

"Como sempre, o Estado suportou e vai suportar a participação das selecções nacionais nesses compromissos internacionais", disse.

O técnico-adjunto da Selecção Nacional, João Diogo "Docas", falou dos efeitos imediatos da visita ministerial.

"É motivante, os miúdos receberam bem essa visita-surpresa. Com a presença do ministro, a própria actuação deles no treino alterou-se, como que a dizer ao ministro que pode contar com eles", comentou.

Recorda-se que a selecção nacional de cadetes masculinos quedou-se na terceira posição na última edição do campeonato africano realizado na cidade de Abidjan, capital da Costa de Marfim.


PREPARAÇÃO
Cadetes têm mais tempo para convencer o Kidó


A equipa técnica nacional de cadetes masculinos liderada por José Pereira "Kidó" decidiu conceder mais uma semana aos atletas pré-convocados, antes de eleger os 16 para o campeonato africano do Quénia, que se disputa a partir de 14 de Março, em Nairobi. A escolha dos 16 estava prevista para depois do treino de ontem.

João Diogo "Docas", adjunto de Kidó, justifica o adiamento da escolha pela necessidade de dar mais tempo de trabalho, o que também indicia uma boa entrega dos atletas.

"Não vamos fazer a Selecção Nacional hoje, entendemos que é necessário dar mais tempo de trabalho ao grupo para poder mostrar as suas valências.

Temos miúdos que vieram das equipas do interior e que ainda não entrosaram bem no grupo, não engrenaram e entendemos que é prematuro. Então, vamos dar mais uma semana e depois vamos fazer a selecção", disse João Diogo "Docas".

O treinador disse que na sessão de ontem, que marcou o encerramento de mais uma semana, a equipa deu continuidade aos trabalhos de resistência física e trabalhou também na concentração.

A parte final do treino foi presenciada pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, facto que foi saudado por Leonel de Almeida, capitão da equipa.

O jovem atleta do 1º de Agosto disse que a presença motivou o grupo, já que é a primeira vez que qualquer um deles vê uma figura governativa na bancada, enquanto trabalha.

"Foi bom, nunca aconteceu e animou-nos muito. Queremos dizer ao ministro e a todo o país que vamos dar o nosso melhor para representar condignamente Angola", prometeu.

Por seu turno, Manilson João, atleta do Interclube, já não precisa de esperar pela decisão final. O jogador foi o único dispensado ontem pela equipa técnica liderda por Kidó. Na primeira triagem tinham sido afastados Joaquim Moreno, Paulo Pascoal (1º de Agosto), Felipe Sibo (Ferroviário), Ariel da Silva (Banca), Príncipe Daliano, Adelino dos Santos, Eugénio Sardinha (Interclube) e José Luitengo (Sporting de Luanda).



ESTÁGIO
Selecção Nacional
escolhe Portugal


A Selecção Nacional de cadetes masculina de andebol vai estagiar, a partir do dia 1 de Março, em Portugal, tendo em vista a presença no campeonato africano do Quénia, de 14 a 22 de Março.

Contrariamente ao que estava previsto, a selecção já não vai estagiar na Sérvia, em virtude de as equipas locais estarem de férias.

O técnico-adjunto da Selecção de cadetes masculina, João Diogo “Docas”,  explicou que em Portugal vão ter a possibilidade de encontrar formações mais fortes e em boa forma desportiva. O combinado nacional regressa ao país a 11 de Março e no dia seguinte ruma para Quénia, onde pretende  melhorar o terceiro lugar de 2012, em Abidjan, Costa de Marfim.

Integram a pré-selecção Áurio de Barros, António Kianda, Luís Lopes, Célio Carlos, Salupasssa Munhenho, Leandro Muzeca, Feliz Sanmassola, Mikeyas Abrantes, Valdemiro Garcia, José Kiluba, Hélio Domingo, Tsango Kifuando, Anastácio Kifuanda, Marcelo Zinga, Bráulio Gomes, José Americano, Pompeu Ganga, Vicente Cardoso, Lourenço Júlio e Leonel de Almeida.