Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mundial corolrio da formao

23 de Abril, 2015

Seleco Nacional de juniores estreia em Novembro na competio mundial que vai decorrer na capital francesa Paris

Fotografia: Nuno Flash

O seleccionador nacional de ténis de mesa, Manuel Pimenta, considerou a recente conquista de quatro medalhas no Campeonato Africano e apuramento ao Mundial júnior de França o corolário de grande apostas nos escalões de formação.

Ao analisar a participação de Angola na prova continental, disputada de oito a 12 deste mês, em Bassin, nas Ilhas Maurícias, o treinador referiu que o êxito deve-se principalmente pelos investimentos da Federação Angolana de Ténis de Mesa (FATM) na categoria e o engajamento dos praticantes, que tudo fazem para honrar o país.          

“Foi uma competição muito forte, principalmente, por jogarmos a qualificação com a selecção anfitriã. A conquista das quatro medalhas de bronze e o consequente apuramento é o corolário da aposta da FATM nos escalões de formação e o grande empenho dos mesatenistas em honrar as cores nacionais. Tudo também se deve a um trabalho de continuidade de formação dos atletas e o treinador na China”, disse.       

Quanto à estreia no Mundial de França, a decorrer de 29 de Novembro a 6 de Dezembro, para o técnico, a FATM deve começar a criar as condições internas necessárias para possibilitar uma representação digna no evento. 

Composta por alguns praticantes, que beneficiaram de formação de dois anos na China, as medalhas foram alcançadas nas categorias cadetes masculinos por equipas, juniores femininos por equipas, juniores masculinos por equipas e pares juniores femininos.A equipa nacional, orientada por Manuel Pimenta, é integrada por Vidigal Lemos, Osvaldo Rocha, José Domingos e Carla Ferreira (cadetes), Aléssio Piter, José Mayone, Paixão Neto, Rute Tavares e Isabel Albino (juniores).
Vidigal Lemos, Osvaldo Rocha, José Domingos e Paixão Neto conseguiram assim, na primeira participação internacional, alcançar o pódio.   Angola colecciona um total de sete de bronze e uma de prata resultantes das participações na provas da Tunísia'2012, Argélia'2013, Egipto'2014 e Maurícias'2015.
Depois do último Mundial de seniores por equipas, no Japão, em 2013, os juniores fazem a estreia em França.