Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Murray busca o segundo título

03 de Setembro, 2015

Funcionou no começo do ano e vou tentar que funcione bem aqui.

Fotografia: AFP

Depois de um 2014 conturbado, quando por pouco não deixou o top 10, fez cirurgia nas costas e se classificou na bacia das almas para o ATP World Finals, Andy Murray chega com pompa de favorito para buscar repetir a façanha de 2013 e levar o título do US Open, que iniciou na passada segunda feira.

"Provavelmente nos últimos anos cheguei mais stressado. Tive problemas com minhas costas, foi difícil lidar com isso. Agora me sinto mais bem fisicamente, mais relaxado. Assim é como me sinto diferente", declarou o escocês. "Trabalhei bastante duro para estar onde estou. Tive muitos momentos ruins ano passado, mas continuo a acreditar em mim e com pessoas certas em volta para atravessar essa fase. Consegui ir bem e trabalho para ter uma boa série e se possível ganhar o torneio", disse o tenista

COMENTÁRIO DE
Murray SOBRE KYRGIOS

"Ele gosta de grandes partidas, é onde jogou o seu melhor. O ano passado ele ganhou uma ou duas fora dos Slams, este ano os seus resultados foram inconstantes, mas nos Slams atingiu os "quartos" (Austrália 2015 e Wimbledon 2014). Joguei contra ele na Austrália e Roland Garros e ele esteve perto dos quartos de final de novo em Wimbledon. Ele fica motivado pelos grandes torneios".

"Tenho que jogar bem, um ténis inteligente, com plano de jogo que dificulte ele. Se vocês têm visto os meus jogos, sabem o que estou a fazer. Tenho tentado variar, é o meu estilo, algo que trabalhei nos últimos 18 meses. Funcionou no começo do ano e vou tentar que funcione bem aqui.