Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Murray levanta troféu no Dubai

05 de Março, 2017

Número um do mundo já facturou o seu primeiro troféu da época no Dubai

Fotografia: AFP

Andy Murray mostrou porque é o número 1 do mundo. Ontem, o britânico precisou de apenas 1h13 de partida para vencer o espanhol Fernando Verdasco por 2 -0, com parciais de 6/3 e 6/2, e conquistar o ATP 500 de Dubai, o seu primeiro título na temporada. Além disso, Murray ampliou o retrospecto diante do adversário, chegando a 13ª vitória em 14 jogos contra Verdasco.

Esta foi a segunda vez que o tenista atingiu a final decisão no Dubai. Em 2012, acabou derrotado por Roger Federer e ficou com o vice-campeonato. Antes da final nos Emirados Árabes Unidos, Murray também decidiu o ATP 250 de Doha, no Qatar, porém foi superado pelo sérvio Novak Djokovic.

 Apesar da vitória tranquila, Murray começou a partida abaixo e perdeu o seu serviço duas vezes nos três primeiros jogos. O britânico, no entanto, não deixou Verdasco abrir vantagem, devolvendo as quebras. O líder do ranking mundial ainda quebrou o serviço do adversário no oitavo jogo e sacou na sequência para vencer o primeiro set.

No segundo parcial, Murray não deu qualquer chance para o rival. Sem ceder oportunidades de quebra, o britânico ainda pressionou o serviço de Verdasco e conquistou duas quebras, no terceiro e no sétimo jogos, para encaminhar vitória e o título com autoridade.

NADAL
Entretanto, o espanhol Rafael Nadal, segundo cabeça de série, qualificou-se para a final do torneio de Acapulco, no México, ao bater nas meias-finais o croata Marin Cilic, terceiro. Nadal bateu Cilic em dois curtos \'sets\', pelos expressivos parciais de 6-1 e 6-2, mantendo o seu registo perfeito na prova mexicana, que já arrebatou em duas ocasiões (2005 e 2013), com 14 vitórias em 14 jogos.Na final, o jogador espanhol, que está a cumprir o primeiro torneio desde o desaire com o suíço Roger Federer na final do Open da Austrália, vai encontrar o norte-americano Sam Querrey, que surpreendeu nas meias-finais.

Querrey superou o australiano Nick Kyrgios, sexto cabeça de série e \'carrasco\' do sérvio Novak Djokovic, em três \'sets\', pelos parciais de 3-6, 6-1 e 7-5.

No quadro feminino, a final vai ser disputada pela francesa Kristina Mladenovic, segunda cabeça de série, e a ucraniana Lesis Tsurenko, sétima.