Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Murray procura treinador

Silva Cacuti - 10 de Abril, 2014

Andy Murray revelou terça-feira que vai começar a procurar treinador,

Fotografia: AFP

O tenista britânico Andy Murray revelou terça-feira que vai começar a procurar treinador, que espera designar antes do torneio Roland Garros, Paris, agendado para Maio.“Embora já tenha pensado no assunto, ainda não falei com nenhum treinador nem elaborei nenhuma lista. Vou concentrar-me em definitivo nesta questão durante as próximas semanas e veremos o que acontece”, disse o britânico no lançamento da edição deste ano do “Queen's Club Championships”, em Londres.

Andy Murray encontra-se sem treinador desde Março, após o fim da ligação com Ivan Lendl, com quem alcançou a vitória no US Open de 2012, no Torneio de Wimbledon, em 2013, e uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. O tenista britânico abordou ainda a sua forma física, condicionada pela operação às costas no ano passado e referiu que “está perto” de chegar à forma que queria “nesta altura da época”.

NADAL

Rafael Nadal é o desportista espanhol mais conhecido a nível internacional, segundo um estudo divulgado, esta terça-feira, pela “Personality Media”, empresa de consultoria de marketing espanhola. Nadal é eleito num estudo realizado em 12 países dos cinco continentes, obteve uma média a rondar os 75 por cento de notoriedade. O actual número um do ranking ATP ficou à frente de nomes como o do piloto de Fórmula 1 Fernando Alonso, que ficou em segundo com 66 por cento, do futebolista Iker Casillas, em terceiro com 51 por cento, e do basquetebolista Pau Gasol, quarto com apenas 30 por cento.

O tenista espanhol destaca-se com valores altos na América Latina, atingiu 90 por cento de notoriedade no Chile e na Argentina, e 82 por cento no México, foi apenas ultrapassado no Brasil por Fernando Alonso, que conseguiu 97 por cento.  Nadal e Alonso conseguem valores iguais na Europa, com cerca de 77 por cento dos votos. O guarda-redes do Real Madrid Iker Casillas nunca é primeiro em nenhum dos 12 países e o basquetebolista Pau Gasol consegue apenas o primeiro lugar nos Estados Unidos, país do clube que representa actualmente, os Los Angeles Lakers.