Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Murray tomba em Indian Wells

13 de Março, 2017

Após garantir a presença na terceira ronda do torneio de Indian Wells, nos Estados Unidos

Fotografia: AFP

O britânico Andy Murray, número um mundial, foi eliminado no sábado no torneio de Indian Wells, nos Estados Unidos, incluindo nos circuitos ATP e WTA, ao ser derrotado na segunda ronda pelo canadiano Vasek Pospisil.

Murray perdeu em dois \"sets\", pelos parciais de 6-4 e 7-6(5), numa partida que durou uma hora e 50 minutos, contra Vasek Pospisil, 129.º no ‘ranking’ mundial.

O tenista britânico, de 29 anos, tinha reforçado esta semana a sua liderança no \"ranking\" mundial de ténis, depois de ter vencido a final do torneio do Dubai no passado sábado.

O português João Sousa, 37.º do ‘ranking’ mundial de ténis, também foi eliminado no sábado na segunda ronda do torneio de Indian Wells, nos Estados Unidos, pelo alemão Mischa Zverev. O vimaranense foi derrotado pelo 33.º da hierarquia por 6-4 e 6-3, em uma hora e 16 minutos

WOZNIACKI
A tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki, antiga número um mundial, considerou no sábado que a russa Maria Sharapova deveria recomeçar do zero, depois de cumprir uma suspensão de 15 meses por doping.

Suspensa por uso de meldonium, Sharapova, que ficou sem ranking, deve regressar, por convite, à competição no torneio de Estugarda, na Alemanha, que se disputa de 24 a 30 de Abril, embora a russa apenas possa voltar a competir a 26 de Abril.

“Penso que é questionável permitir – não interessa quem é – que uma jogadora que ainda está suspensa possa jogar um torneio naquela semana. Penso que é desrespeitar as outras jogadoras e o (circuito) WTA”, disse.

Após garantir a presença na terceira ronda do torneio de Indian Wells, nos Estados Unidos, a dinamarquesa garantiu não ter qualquer problema com Sharapova, assumindo que “todos merecem uma segunda oportunidade”.