Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nacionais já tem datas definidas

Silva Cacuti - 17 de Agosto, 2014

Sorteio do XXXV campeonato nacional sénior feminino andebol

Fotografia: Kindala Manuel

Sem prerrogativas, já que para efeitos de sorteio são cabeças-de-série o campeão nacional e o vice-campeão, no caso 1º de Agosto e Petro de Luanda, as equipas do Electro do Lobito e Casa do Pessoal do Porto do Lobito vão ter de digladiar-se para uma melhor posição na segunda fase da prova.

A segunda fase do campeonato só é definida na reunião técnica que ainda não está agendada. É provável que o posicionamento das equipas na primeira fase defina o emparcelamento na segunda. A primeira fase vai ser jogada no sistema de todos contra todos a duas voltas.

Na série B, o 1º de Agosto, campeão nacional, vai jogar com as equipas do ASA, Kabuscorp e Progresso do Sambizanga. Nesta série, adivinha-se o domínio da equipa militar, embora o Progresso do Sambizanga, de Armando Gumbe, possa transformar-se em ponto de resistência às comandadas de Victor Tchikoulaev. Os representantes do 1º de Agosto e do Petro de Luanda falaram das ambições dos seus conjuntos para a prova que se avizinha.

Rui Moniz, que representou o 1º de Agosto, disse que a ambição do clube militar é a revalidação dos títulos nacionais que ostenta tanto em masculinos como em femininos. Para responder à proposta do rival, Edgar Neto, representante do Petro de Luanda, disse que a ambição que move a sua equipa é a recuperação do título perdido no ano passado.  
S.C


Andebol
Unitel dá nome
aos "nacionais"


A XXXV edição dos campeonatos nacionais de andebol que Luanda acolhe, no pavilhão multiusos do Kilamba, de 28 do corrente a 7 de Setembro, designa-se "Troféu Unitel" fruto de um acordo entre a empresa angolana de telefonia móvel e a Federação Angolana de Andebol (Faand).

José Sonnemberg, director de serviços gerais da empresa, disse que o objectivo da parceria é  dar maior visibilidade à marca Unitel.
"É motivo de orgulho para nós estarmos associados a uma modalidade ganhadora", disse.

Pedro Godinho, presidente de direcção da Faand, revelou que a escolha da operadora como parceira para este campeonato "é o reconhecimento" dos agentes da modalidade à ligação daquela empresa que há já algum tempo patrocina a Selecção Nacional sénior feminina.

Sonnemberg anunciou que a XXXV edição dos campeonatos nacionais de andebol está orçada em dez milhões de Kwanzas.

A prova volta a Luanda, três anos depois da última vez que a capital acolheu uma prova nacional de seniores. Na conferência de imprensa, em Luanda, Ilídio Cândido foi apresentado como director da prova. Pina de Almeida, director técnico da Faand, vai coordenar as questões técnicas da prova, enquanto António Custódio, presidente da associação de Luanda, parceira da Faand, vai tratar dos assuntos administrativos da prova. Cinco equipas masculinas e oito femininas estão inscritas na prova. Em masculinos vão jogar o 1º de Agosto, Interclube, Marinha de Guerra, Petro de Luanda e Progresso de Saurimo. Na prova feminina estão inscritas as equipas do 1º de Agosto, Petro de Luanda, Proguresso do Sambizanga, ASA, Casa do Pessoal do Porto do Lobito, Electro do Lobito, Marinha de Guerra e Kabuscorp do Palanca.

A última edição dos campeonatos nacionais foi disputada em Benguela e vencida pelo 1º de Agosto em ambas as classes.
 S.C