Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nacional arranca na prxima semana

Armindo Pereira - 14 de Setembro, 2019

acima de tudo um jogo excelente para ser desfrutado em famlia.

Mais de 70 golfistas participam da primeira edição do Campeonato Nacional Absoluto -Atlântico 2019, em ambos os sexos, repartido em três categorias, a decorrer segunda e terça-feira, no Campo do Resort Mangais, na Barra do Kwanza, numa organização da Federação Angolana de Golfe (FAGOLFE).
A prova vai apurar os representantes do \"All África\" torneio de singulares a decorrer em Outubro, nas Ilhas Maurícias. De acordo com o presidente de direcção do órgão reitor, Almir Soares, a participação dos golfistas angolanos na prova africana está pendente.
\"As inscrições encerraram na última semana de Agosto e aguardamos a todo instante pela luz verde da organização para inscrição de última hora\", esclareceu o dirigente. 
No primeiro dia do nacional os jogadores completam duas voltas ao campo, perfazendo 36 buracos. Esta dupla ronda vai apurar metade dos competidores para o segundo e último dia de prova que tem o Banco Millennium Atlântico como principal patrocinador.
Quem obter o menor número de pancadas sagra-se vencedor de cada uma das três categorias, tendo em conta o handicap (tipo de pontuação que mede o aproveitamento de cada golfista). Apesar de existirem quase uma dezena de provas ao longo do ano, esta a primeira organizada pela FAGOLFE.
O director técnico da prova, Emiliano Tavares,  explicou que a prova vai apurar o campeão nacional e que um dos requisitos é ter nacionalidade angolana. \"Vai ser encontrado o campeão angolano mas a prova pode ser disputada por todos os golfistas inscritos na federação. Daí existirem três categorias distintas\", aclarou.
O nacional vai ser ajuizado por um árbitro internacional. Além de dirigir o torneio, o juíza vai dar para formação aos quadros do órgão reitor, em especial aos caddies (carregadores de tacos), que são uma parte importante do jogo.
Almir Soares sublinhou que os caddies podem também dar informações úteis aos jogador sobre o campo, dicas como executar certo tipo de pancadas, taco a utilizar etc. Ao nível do golfe profissional exercem uma função de grande responsabilidade e estão  intimamente ligados aos êxitos dos golfistas.
Por outro lado, Emiliano Tavares destacou este momento como sendo de grande importância para todos os que gostam da modalidade bem como para todos que a querem descobrir.
\"É fundamental começar desde cedo a jogar golfe, que ao contrário do que se pensa, não está só reservada às classes de elite, podendo ser jogada por quem gostar. É acima de tudo um jogo excelente para ser desfrutado em família”.