Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nacional de corta-mato prev duas centenas de atletas

Pedro Futa - 28 de Março, 2019

As sedes provinciais e a nacional do CPA tm as portas abertas para acolher os interessados a participar das provas de juvenis

Fotografia: kindala Manuel|Edies Novembro

Mais de uma centena de atletas já estão inscritos para participar do campeonato nacional de corta-mato em atletismo adaptado a ser realizada no próximo dia 6 de Abril no município da Gabela, província do Cuanza Sul. O Comité Paralímpico Angolano mantém as inscrições abertas até a próxima semana em diferentes instituições espalhadas pelo país. As sedes provinciais e a nacional do CPA têm as portas abertas para acolher os interessados a participar das provas de juvenis, juniores e seniores.

Até ontem, o comité organizador tinha inscrito 160 atletas e a previsão é atingir as duas centenas de participantes. As condições da prova prevista, inicialmente, para o dia 4 de Abril, mas por razões técnicas está agendada para 6 do mesmo mês, estão criadas, segundo o coordenador técnico do Comité Paralímpico Angolano, José Manuel. João Feliciano e Befílha Mbuyo, ambos da categoria T11 (deficiente visual), em representação da província do Bié, pretendem revalidar os títulos (masculino e feminino) conquistado no ano passado. Os atletas vão a Gabela no dia 4 de Abril para se adaptar ao clima.

\"A preparação está a correr bem e os nossos objectivos são a revalidação dos títulos\", disseram.Befílha Mbuyo realçou que vão ter na presente edição \"adversárias muito competitivas\", razão de estar a treinar \"bastante para conquistar a medalha de ouro\".Em 2018, as províncias do Huambo e do Bié dominaram a prova. No ano corrente, prevê-se uma competição renhida na classe feminina. Conceição Faria, de Malanje e vencedora na classe T12, e Rosalina Guilhermina, de Luanda, são as grandes atracções do campeonato.