Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal avana no Open da Austrlia

22 de Janeiro, 2018

Nadal nmero um do ranking prosseguiu a luta pelo seu 17. major e segundo ttulo em Melbourne

Fotografia: AFP

O espanhol Rafael Nadal qualificou-se ontem para os quartos de final do Open da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam de ténis do ano, ao vencer o argentino Diego Schwartzman, após três horas e 51 minutos.
Nadal, número um do ‘ranking’, prosseguiu a luta pelo seu 17.º ‘major’ e segundo título em Melbourne, impondo-se por 6-3, 6-7 (4-7), 6-3 e 6-3 frente ao jogador mais baixo do ‘top 100’ mundial, com 1,70 metros.
“Foi um jogo fantástico em todos os aspectos, ele serviu bem e gerou-se uma grande batalha. Estou um pouco cansado, mas sinto-me bem por ter lutado até ao fim no meu primeiro grande jogo do ano. É bom para a confiança saber que posso jogar quase quatro horas com grande intensidade”, afirmou o finalista em 2017, que vai disputar uma vaga nas meias-finais frente ao croata Marin Cilic, sexto da hierarquia.
O ‘carrasco’ do português João Sousa, na segunda ronda, avançou na prova ao vencer o espanhol Pablo Carreno-Busta, 10.º cabeça de série e vencedor do Estoril Open de 2017, por 6-7 (2-7), 6-3, 7-6 (7-0) e 7-6 (7-3), em três horas e 31 minutos. Nos seis embates anteriores, Cilic, campeão do US Open em 2014, só venceu Nadal uma vez.
O búlgaro Grigor Dimitrov, terceiro cabeça de série, saiu também vencedor na ‘maratona’ de praticamente três horas e meia, na Rod Laver Arena, frente ao australiano Nick Kyrgios, 17.º favorito, por 7-6 (7-3), 7-6 (7-4), 4-6 e 7-6 (7-4), vingando a derrota nas meias-finais de Brisbane, já este ano.
Apesar dos 36 ases obtidos por Kyrgios, Dimitrov marcou encontro com o britânico Kyle Edmund, 49.º da hierarquia, que chegou pela primeira vez aos quartos de final de um ‘major’ ao superar o italiano Andreas Seppi, 76.º, por 6-7 (4-7), 7-5, 6-2 e 6-3, após três horas.
No quadro feminino, a dinamarquesa Caroline Wozniacki, segunda cabeça de série, confirmou o favoritismo frente à eslovaca Magdalena Rybarikova, 21.ª da hierarquia, para avançar para os ‘quartos’, ao vencer por 6-3 e 6-0, em uma hora e três minutos.
Wozniacki, que pode regressar à liderança do ‘ranking’ mundial após seis anos e que nunca venceu um ‘Grand Slam’, vai defrontar a espanhola Carla Suarez Navarro, primeira jogadora a assegurar a presença nos ‘quartos’ ao derrotar a estónia Anett Kontaveit, por 4-6, 6-4 e 8-6, em duas horas e 20 minutos.
A belga Elise Mertens também se superiorizou à croata Petra Martic, por 7-6 (7-5) e 7-5, na sua primeira presença no quadro principal do torneio australiano, e vai defrontar a vencedora do duelo entre a ucraniana Elina Svitolina, quarta pré-designada, e a checa Denisa Allertova, proveniente do ‘qualifyier’.