Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal adia operao a apndice para depois do Masters Cup

10 de Outubro, 2014

Tenista espanhol adia operao a apndice para depois do Masters Cup

Fotografia: AFP

Logo depois de ter sido eliminado pelo compatriota Feliciano Lopez na segunda ronda do Masters 1000 de Xangai, o "número dois" da hierarquia confirmou que precisa de ser operado, mas que vai tentar adiar a intervenção para depois da prova que encerra a temporada.

"Falei com o meu médico e disse-me que tenho mesmo de ser operado. Não há ainda certezas, mas, se conseguir, quero fazê-lo apenas no final da época. O problema no apêndice está controlado, mas é provável que regresse", admitiu o espanhol.

Até ao fim da época, Nadal planeia disputar mais três torneios: Basileia, na Suíça, Paris e Londres, um programa que, segundo o jogador, está ainda dependente da sua condição física.

ADEUS A XANGAI
O tenista espanhol Rafael Nadal, "número dois" mundial, foi eliminado no torneio Masters 1000 de Xangai, na China, ao perder com o compatriota Feliciano Lopez, 21º do ranking, por 6-3 e 7-6 (7-3).

Um dia depois de ter revelado que tem um início de apendicite, o espanhol, que regressou a semana passada à competição, após seis meses de paragem, foi batido por Lopez em 1:44 horas, conseguindo a sua terceira vitória em 12 encontros frente a Nadal.

O espanhol é o quarto tenista entre os dez primeiros cabeças de série a ser eliminado, imitando o suíço Stanislas Wawrinka (quarto), o japonês Key Nishikori (sétimo) e o búlgaro Grigor Dimitrov (décimo).

O "número um" mundial, o sérvio Novak Djokovic, não facilitou no encontro com o austríaco Dominic Thiem, qualificando-se para os quartos de final com um triunfo por 6-3, 6-4.

WAWRINKA
SEM BRILHO

O suíço Stanislas Wawrinka, quarto tenista mundial, foi eliminado nos oitavos de final do Masters 1000 de Xangai, na China, ao perder com o francês Gilles Simon, por 5-7, 7-5, 6-4. Apesar de ter vencido o primeiro set, Wawrinka, vencedor do Portugal Open em 2013, foi incapaz de se qualificar para os quartos de final, perdendo com o 29º do Mundo, ao fim de 2:29 horas.

Na próxima ronda, Simon vai defrontar o tunisino Malek Jaziri, vindo da qualificação, que eliminou o chinês Wang Chuhan, que recebeu um convite, por 6-0, 6-4.

Além da eliminação de Wawrinka, o destaque vai também para as quedas do japonês Key Nishikori, sétimo cabeça de série, às mãos do americano Jack Sock, e do búlgaro Grigor Dimitrov, décimo, frente ao francês Julien Benneteau.

Nos quartos de final está o espanhol David Ferrer, quinto do ranking, que afastou o eslovaco Martin Klizan, 40º, por 6-4, 6-7 (4-7), 6-4. Na próxima ronda, Ferrer vai defrontar o britânico Andy Murray, 11º cabeça de série, que eliminou o polaco Jerzy Janowicz, por 7-5, 6-2.


Djokovic supera
Mikhail Kukushkin


Se venceu facilmente na estreia, Novak Djokovic encontrou vida bem mais difícil nos oitavos-de-final do Masters 1000 de Xangai. O "número um" do mundo teve dificuldades para encaixar o seu jogo com Mikhail Kukushkin e teve de suar a camisola para vencer por 2 sets a 1 na manhã de ontem.

O tenista sérvio sofreu, principalmente no segundo set, com a velocidade dos ataques angulados do atleta do Cazaquistão e demorou 2h06 para fechar a partida com parciais de 6-3, 4-6 e 6-4, avançando para as quartas de final. Na próxima fase, o adversário de Djoko vai ser David Ferrer, que venceu Andy Murray.

Djokovic venceu fácil o primeiro set por 6-3. Dominando bem as acções, ele deu a entender que não levava muito tempo para dar mais um passo para o tricampeonato. Mas não foi o que aconteceu."Número 85" no ranking da ATP, Kukushkin passou a jogar um ténis habilidoso e veloz na segunda parcial, abrindo 4 a 1.

O sérvio, que se demonstrou irritado em diversas oportunidades, ainda reagiu e devolveu uma quebra, mas não foi o suficiente para evitar que o cazaque levasse o segundo set.