Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal conquista oitavo título

10 de Junho, 2013

Ténista espanhol entra na história como o atleta com mais títulos no torneio francês

Fotografia: AFP

Rafael Nadal tornou-se ontem o primeiro tenista da história a vencer oito edições do mesmo Grand Slam. O espanhol, número 4 do mundo, venceu o compatriota David Ferrer, o quinto do ranking, por 3 sets a 0 na final de Roland Garros, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/3.

Nadal, que já era recordista de títulos em Roland Garros com sete conquistas, aumentou a sua hegemonia numa partida bastante atribulada que durou duas horas e 16 minutos. O chuvisco constante durante a maior parte do jogo, deixou a quadra de saibro bastante pesada e dificultou as condições para os tenistas.

Os atletas foram atrapalhados também pela invasão de um adepto. O activista contrário à promulgação pelo governo francês da lei que aprova o casamento gay chegou a pisar a quadra de saibro Diante das dificuldades extra-jogo, Nadal conseguiu manter uma intensidade maior que a de Ferrer.

Embora não tenha actuado mal, o número 5 do mundo não conseguiu aproveitar as pequenas oportunidades que criou. Aproveitou apenas três de 12 break points.

A sua principal oportunidade veio no sétimo game do terceiro set, quando desperdiçou uma oportunidade de quebra ao cometer um erro não forçado de forehand.

Nadal festejou o equívoco do rival nesse momento, que lhe permitiu confirmar o serviço e fazer 4/3. Na sequência, Ferrer errou mais duas bolas seguidas para ceder a quebra de saque que seria decisiva.

O heptacampeão não vacilou ao sacar com vantagem de 5/3 e tornou-se “octa” no primeiro match point, ao encaixar um bom saque aberto seguido de uma bola vencedora de forehand, de dentro para fora. Foi a sua 35ª vitória no encontro, contra 25 de Ferrer.

Dominante em Roland Garros, onde só perdeu uma partida (em 2009 para o sueco Robin Soderling) das 60 partidas que disputou em toda a carreira, o maiorquino passa a somar 12 títulos de Grand Slam. Assim, deixou para trás o sueco Bjorn Borg e o australiano Rod Laver e igualou o também australiano Roy Emerson como o terceiro maior vencedor de majors em todos os tempos. O ranking é liderado pelo suíço Roger Federer, com 17 conquistas, contra 14 do norte-americano Pete Sampras, segundo colocado.


RAFAEL NADAL
"Nunca imaginei alcançar a marca"

O primeiro tenista a conquistar oito títulos num único Grand Slam, o espanhol Rafael Nadal (quarto colocado do ranking mundial) mostrou-se incrédulo com o feito alcançado em Roland Garros. Ontem, o tenista espanhol tornou-se octacampeão ao superar na final o compatriota David Ferrer (o quinto da mesma lista), por 3 sets a 0, em Paris. “Nunca imaginei poder alcançar essa marca (de oito títulos).


SERENA WIILIAMS
“Quero aposentar-me no auge”


A norte-americana Serena Williams revelou que deseja aposentar-se em grande forma desportiva e na liderança do ranking feminino. A tenista de 31 anos e 247 dias tornou-se, no último sábado, a tenista mais velha a ser campeã do torneio de Roland Garros. Apesar da idade, Serena ressaltou que se sente neste momento jovem e preparada para novas conquistas.

“Quero aposentar-me no auge da carreira. Já está na hora? A idade é um número, nunca me senti tão em forma. Talvez seja algo presente na água nos Estados Unidos, não sei”, brincou a melhor tenista do mundo.

Serena Williams conquistou no sábado o seu segundo título de Roland Garros e o 16º Grand Slam em simples ao bater a russa Maria Sharapova por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. A campanha foi completamente diferente da feita pela norte-americana no saibro francês em 2012, quando perdeu com a francesa Virginie Razzano na estreia.

“Ainda estou um pouco triste com a minha derrota do ano passado”, lembrou a líder do ranking da WTA, campeã na França pela primeira vez em 2002, numa final contra a irmã Venus.

“Há 11 anos, não conseguia acreditar que venci Roland Garros. Era muito jovem e foi uma grande surpresa para mim”, recordou.Uma das chaves do triunfo sobre Sharapova foi a força do serviço de Serena.

Os saques da norte-americana tiveram média de 173 km/h e dez deles superaram os 200 km/h. “Cresci com Venus, que serve muito bem. Eu também queria servir assim”, disse.

ROLAND GARROS
Dupla russa vence italiana


As russas Ekaterina Makarova e Elena Vesnina sagraram-se ontem campeãs de duplas femininas do torneio de Roland Garros. Elas venceram na final as italianas Sara Errani e Roberta Vinci por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

Errani e Vinci, que formavam a dupla cabeça de série número 1 da competição, não conseguiram defender o título conquistado no ano passado.

Na última sexta-feira, na categoria juvenil de duplas femininas, a brasileira Bia Haddad foi vice-campeã ao lado da equatoriana Domenica Gonzalez. Elas perderam na final com as checas Barbara Krejcikova e Katerina Siniakova por 2 sets a 0.