Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal e Federer fora do Master de Toronto

21 de Julho, 2016

Roger Federer e Rafael Nadal ausentes do Masters 1000 de Toronto

Fotografia: AFP

Após Andy Murray anunciar que não participa do Masters 1000 de Toronto, na próxima semana, foi a vez de Roger Federer e Rafael Nadal também desistirem do torneio canadiano. Com isso, os atletas têm como próxima competição, os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto.Federer, actual terceiro melhor tenista da actualidade, escreveu na rede social que precisa de um tempo maior de descanso, antes dos Jogos. O suíço, bicampeão do torneio, não actuou no Canadá, em 2015.

“Eu tomei a difícil decisão de desistir do Masters 1000 de Toronto. O torneio é um dos meus preferidos no circuito, estou desapontado por não jogar, diante dos óptimos fãs canadianos de ténis. A pensar no futuro, é melhor para mim que descanse mais, após Wimbledon. Estou ansioso por voltar ao Canadá no ano que vem”, postou Roger.

Quanto a Nadal, continua a recuperar de uma lesão no punho. Afastado das competições oficiais desde o final de Maio, quando abandonou a Roland Garros, o espanhol voltou aos treinos, recentemente, e não se sente apto a disputar o torneio. “Estou a treinar há apenas uma semana, após recuperar-me da lesão no punho, não estou pronto”, declarou o Touro Miúra.

O Masters 1000 de Toronto acontece entre os dias 25 e 31 de Julho, e é o principal torneio, que antecede à disputa dos Jogos Olímpicos de 2016. O actual campeão é o britânico Andy Murray, e o ex-tenista Ivan Lendl aparece como maior vencedor da competição, com seis conquistas.Ainda ontem, em Manacor (Malliorca ) Rafael Nadal expressou a esperança de participar dos próximos Jogos Olímpicos, e afirmou chegar no Rio de Janeiro bem preparado. "Espero  melhorar a cada dia, um pouquinho mais, e chegar no Rio bem preparado, embora como sempre digo, não há nada certo nesta vida", disse o tenista.

Mostrou optimismo, no processo de recuperação da lesão no punho, que impediu a sua participação no Masters 1.000 de Toronto. "Eu sinto-me bem, a trabalhar e em processo de recuperação", declarou Nadal que inaugurou em Manacor, o "Sport Xperience by Rafa Nadal", um espaço interactivo onde estão expostos os troféus do tenista, e  oferece diversos jogos e simuladores sobre o ténis. "Os tempos estão correctos, faltam duas semanas e meia para começar a competir", disse Nadal, que vai ser o porta-bandeira de Espanha nos Jogos Olímpicos.