Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal feliz com 8º título

11 de Junho, 2013

Tenista agradeceu especialmente à sua família e aos patrocinadores e ainda ao treinador

Fotografia: AFP

Rafael Nadal era um homem feliz após conquistar mais um torneio de Roland Garros e faz história no ténis. O jogador maiorquino alcançou o 8.º título no mesmo Grand Slam, algo que ninguém conseguiu até hoje.

"Nunca imaginei alcançar algo assim. É muito importante para mim. Agora apenas posso agradecer a todas as pessoas que me apoiaram nos maus momentos. Os sete meses sem competir não se esquecem tão rapidamente.

Conseguir jogar nove finais e ganhar sete desde o meu regresso não estava nos meus melhores sonhos", começou por dizer, após conquistar o torneio francês frente ao compatriota Ferrer, por três sets sem resposta. Nadal agradeceu especialmente à sua família, aos patrocinadores, ao treinador (e tio) Toni Nadal, ao fisioterapeuta, aos fãs do Facebook e Twitter e ao público de Paris.

O tenista espanhol desistiu de jogar em Halle, torneio que começou ontem. O regresso de Nadal à relva deverá apenas acontecer na primeira ronda de Wimbledon. "David Ferrer fez um fantástico torneio. Foi um lutador e felicito-o a ele e a todo o seu staff por chegar à final", disse sobre o colega e amigo. Antes, Nadal venceu Roland Garros em 2005, 2006, 2007, 2008, 2010, 2011 e 2012.

Ele soma 59 vitórias e apenas uma única derrota no torneio, em 2009, contra o sueco Robin Soderling, nos oitavos de final. Na sua carreira, ele ainda soma dois títulos de Wimbledon, um do Open dos Estados Unidos e um do Open da Austrália.

INVASÃO
Decorria o segundo set da final masculina de Roland Garros, entre Rafael Nadal e David Ferrer, quando um espectador invadiu o court, o que provocou a interrupção do encontro. O espectador, que segundo a agência AFP protestava contra a aprovação do casamento homossexual em França, invadiu o court com uma tocha na mão e dirigiu-se para Nadal, que foi imediatamente protegido por um segurança. O encontro retomou pouco depois e terminou com o oitavo título de Nadal no Grand Slam francês.