Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal mira Roland Garros

24 de Março, 2013

Tenista espanhol regressou em alta e dá prioridade à conquista do Roland Garros

Fotografia: AFP

Rafael Nadal conquistou no último fim-de-semana o seu terceiro título em quatro eventos disputados desde o seu retorno ao circuito da ATP, depois de ter estado afastado sete meses, devido a uma lesão no joelho. Em óptima forma, o espanhol bateu o argentino Juan Martin del Potro (4-6, 6-3, 6-4) na final do Masters de Indian Wells, indicando que Nadal, especialista em courts de terra batida, vai ser novamente o homem a ser batido no Open da França, que começa no final de Maio. “Ele está como sempre, como no passado, está a jogar muito solidamente, muito forte”, disse Del Potro, demonstrando abatimento pela derrota no torneio da Califórnia.

“Ele está muito forte mentalmente e também tem um grande talento. Bateu óptimos jogadores aqui, em Indian Wells, e vai lutar pela primeira posição (do ranking) muito em breve.” Há poucas semanas, Nadal nem tinha a certeza de que ia disputar o torneio em piso sintético de Indian Wells, onde o seu ténis com muita acção e contragolpes costuma ser menos efectivo. Após a ausência do circuito, em consequência da contusão, é o quinto no ranking do ténis profissional masculino. Djokovic avança em Miami.

Principal favorito ao título do Masters 1000 de Miami, disputado no piso sintético do Crandon Park, em Key Biscayne, o sérvio Novak Djokovic atropelou o checo Lukas Rosol no seu primeiro compromisso, disputado sexta-feira à noite. Em menos de uma hora de disputa, o cabeça de chave número 1 do torneio classificou-se para a terceira ronda ao ganhar por fáceis 6/0 e 6/1. Rosol chegou a criar quatro possibilidades de responder ao serviço de Djokovic, mas não conseguiu aproveitá-las e ainda cometeu um total de sete duplas-faltas. O tenista sérvio converteu cinco das sete oportunidades para romper o serviço do adversário, o suficiente para não correr qualquer tipo de risco na sua primeira partida.

Campeão das edições de 2007, 2011 e 2012 do Masters 1000 de Miami, Djokovic está invicto há 13 jogos no torneio. Na terceira ronda, defende a sua condição privilegiada diante do lucky-loser francês Edouard Roger-Vasselin, que derrotou o indiano Somdevv Devvarman, ao ganhar por 2-1, com as parciais de 4/6, 6/4 e 7/5.