Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nadal porta-bandeira da Espanha

29 de Abril, 2016

Nadal teria carregado a bandeira espanhola em Londres ‘2012 mas acabou por se lesionar

Fotografia: AFP

O esperado anúncio confirmando Rafael Nadal como porta-bandeira espanhol nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro aconteceu na quarta-feira, em que o Comité Olímpico Espanhol garantiu o tenista de Mallorca como o representante do país na solenidade de abertura.

Nadal teria carregado a bandeira espanhola na abertura dos Jogos de Londres, em 2012, mas acabou por se lesionar antes das Olimpíadas ficando de fora e cedeu a honraria para o astro da NBA Pau Gasol, que na altura o substituiu.

A notícia foi comemorada por Nadal, que em 2008, em Pequim, levou a medalha de ouro em simples. "Gostaria de agradecer o Comité Olímpico Espanhol por me escolher como o porta-bandeira nos Jogos Olímpicos do Rio, é uma satisfação muito grande e fico muito feliz com isso", disse o espanhol.

Por outro lado depois de confirmar o processo contra a ex-ministra francesa Roselyne Bachelot, que o acusou de ter sido apanhado no anti-doping em 2012, fingindo uma lesão para encobrir uma suspensão, Nadal resolveu ir mais longe e pediu à ITF que divulgasse o resultado de todos os seus exames anti-doping.

"Por favor, tragam a público os meus dados, publiquem o meu passaporte biológico e todos os meus controles anti-doping", declarou o canhoto de Mallorca em comunicado enviado ao novo presidente da ITF David Haggerty, revelado pelo site do jornal francês L'Équipe e confirmado também pela agência EFE, que falou com o próprio Nadal mais tarde.

Convencido de que o ténis é um desporto limpo, Nadal pediu a Haggerty que divulgue os resultados dos seus exames assim que saiam do laboratório.
Esta não é a primeira vez que o espanhol pede maior transparência às autoridades no que se refere ao controle anti-doping, repetindo o que já fez no ano passado, durante o ATP Finals de Londres.

Competitivamente o espanhol diz que a temporada de 2015 não foi das já que pela primeira vez em muitos anos ficou sem um título de expressão.
Nadal ainda não engrenou em questão de resultados, mas para ele já está melhor do que a anterior em relação às sensações dentro de quadra.

Ele foi derrotado na primeira ronda do Australian Open para o compatriota Fernando Verdasco, com quem pretende disputar as Olimpíadas nas duplas.
"Tenho muita vontade de participar dos Jogos. Sobre a dupla com Verdasco, cabe a Conchita (Martinez) que é a capitã definir. Sou apenas um a mais e ela que decide", afirmou o porta-bandeira na cerimónia de abertura, para quem as vitórias se colocam sempre em primeiro lugar..