Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Namibe vai apostar na regata

Manuel de Sousa - 24 de Março, 2013

Crianças do Namibe têm agora a oportunidade de aprender a navegar com regata

Fotografia: Jornal dos Desportos

A regata a vela na província do Namibe vai renascer com o fornecimento de oito novas embarcações do tipo optimist pela Federação Angolana de Desportos Náuticos, segundo o presidente do Núcleo provincial, Roberto Pinheiro. Depois do fracasso anterior, Roberto Pinheiro afirmou que mais uma vez vai tentar reactivar a vela nas terras de Welwitschia Mirabilis com a recepção das embarcações. Durante a inactividade, o material que servia para a massificação foi desviado. O presidente provincial namibense apela a todos aqueles que gostam da disciplina e algumas instituições a apoiar o desporto náutico, pois o núcleo pretende envidar os esforços para a sua reactivação.

“Podemos crescer e fazer algo de melhor, se porventura tivermos mais apoios de pessoas singulares e instituições, no que toca a instrumentos de protecção, coletes, já que as embarcações não trouxeram material de protecção”, disse. Roberto Pinheiro defende que a regata à vela é um grande passo para o desenvolvimento do turismo, uma vez que a disciplina movimenta muita gente e a baía do Namibe possui condições propícias para o desenvolvimento da modalidade. “Já se fazia regata à vela nesta baía. Se tivermos uma boa movimentação, um grande número de pessoas pode aderir à modalidade e, quiçá, em muito pouco tempo, podemos contar com a Federação para dar ainda mais força ao desenvolvimento da modalidade”, disse.

Na sua qualidade de antigo praticante, Roberto Pinheiro destacou a formação em curso de jovens que “já conseguem controlar os mares e os ventos” e a recepção de embarcações voltadas para a formação de crianças é um motivo de orgulho. “Podemos fazer um bom trabalho de massificação, aproveitando as boas condições que a nossa baía oferece e formar atletas que podem fazer boas marcas no futuro”, considerou. O director provincial da Juventude e Desportos no Namibe, Narciso da Costa, disse que existe uma grande preocupação do Governo Provincial em fazer renascer as modalidades que outrora tinham um certo protagonismo, como é o caso da regata à vela.