Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nutico com misso difcil no provincial

Rosa Panzo - 17 de Março, 2017

Na classe Laser Standard, o Clube Nutico da Ilha de Luanda est em desvantagem por falta de embarcaes.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Pedro Montenegro, um dos grandes nomes da vela nacional de todos os tempos, assegurou existir fortes hipóteses do CNIL dar a volta ao resultado e assumir a liderança. O treinador socorre-se da experiência pessoal nos eventos mundiais. Foi vice-campeão mundial na classe Vaurien com Vicente Mendonça, em 1991, na Espanha.

\"O nosso objectivo é atingir o pódio e, amanhã, vamos entrar ao mar com toda a força\", prometeu.

Nesta luta, os pupilos de Pedro Montenegro têm a difícil missão de afinar as máquinas para contrapor as estratégicas do CNIL, o seu principal rival em todas as categorias.

Na classe 470, o CNIL entra na corrida com os velejadores José dos Santos e Custodio Paulo que ocupam a terceira posição do quadro geral da classificação. A dupla conta ainda com os reforços de Fábio da Silva e José Amaral.

Na classe Laser Standard, o Clube Náutico da Ilha de Luanda está em desvantagem por falta de embarcações.

Para o técnico, \"a equipa está com o moral alta e não tem registo de lesões ou problemas grave de saúde\".

A prova tem como finalidade o apuramento das equipas para os campeonatos nacionais. Estão apurados na classe Optimist os velejadores Emílio do Rosário, Osvaldo Carlos e Eduardo João.

Na classe feminina, estão apuradas Joana Brito, Elizandra Francisco e Eliane Lourenço.

Na classe Laser 4.7, João Artur, Lourenço Simão e Feliciana da Silva. Na 420, subiram ao pódio os velejadores Simão José, José Camota e Armindo Zinga.