Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nelson Évora ambiciona bater o recorde pessoal

16 de Abril, 2015

Mas não estou focado somente nisso, estou focado em melhorar enquanto atleta, fazer cada vez melhores saltos tecnicamente, ser mais forte e mais rápido”, explicou.

Fotografia: AFP

O campeão europeu de triplo salto em pista coberta de 2015, Nelson Évora, apontou como objectivo melhorar o recorde pessoal, mas voltar a saltar regularmente acima de 17,50 metros. “Estou bem fisicamente, sem qualquer tipo de problema, e a pensar em fazer cada vez melhores saltos. Sem dúvida, quero apresentar-me o melhor possível para bater o meu recorde pessoal (17,74 metros), esse é um dos meus principais objectivos da época”, frisou Nelson Évora.

Em Lisboa, na apresentação do novo modelo de sapatilhas da marca que o patrocina, o campeão olímpico em Pequim'2008 recordou os benefícios obtidos com o recente estágio nos Estados Unidos, para preparar a época ao ar livre. “Em ano de mundial, os resultados vão disparar. Foi bom o que aconteceu no inverno, mas é preciso mais e a minha preparação está a ser feita no sentido de me apresentar ainda mais forte na época de verão”, referiu.

Sem querer centrar-se apenas no Campeonato do Mundo, que vai ser disputado entre 22 e 30 de Agosto, em Pequim, Nelson Évora pretende melhorar o desempenho como atleta. Algo que se conseguir, o coloca entre os favoritos em qualquer competição. “Nós atletas somos muito exigentes connosco próprios e eu, se fizer saltos nesse sentido, posso chegar aos mundiais com boas aspirações. Mas não estou focado somente nisso, estou focado em melhorar enquanto atleta, fazer cada vez melhores saltos tecnicamente, ser mais forte e mais rápido”, explicou.

IAAF admite Kosovo
como novo membro


 A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) admitiu ontem, o Kosovo como membro do organismo, uma decisão que mereceu a oposição da Sérvia, país que ainda reivindica a soberania sobre o território. Numa reunião da IAAF, em Pequim, foi atribuído ao Kosovo a designação de membro provisório, que vai ter “direitos e deveres totais” como o 214º membro da federação, anunciou o organismo que rege o atletismo mundial.

O Kosovo declarou unilateralmente a independência em 2008, mas a Sérvia nunca a reconheceu. Gradualmente, o Kosovo tem conquistado o reconhecimento de várias organizações internacionais, nomeadamente do Comité Olímpico Internacional, que vai admitir a participação dos seus atletas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. À semelhança do que aconteceu com a IAAF, o Kosovo solicitou também a outros organismos, entre as quais a UEFA, a sua entrada como membro.