Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

ngel Nieto est em coma induzido

28 de Julho, 2017

Nieto chocou contra um carro e teve traumatismo cranioenceflico

Fotografia: AFP

Ángel Nieto continua internado na Policlínica Nuestra Senhora del Rosário, em Ibiza, Espanha. O ex-piloto de 70 anos sofreu um grave acidente de quadriciclo e apresenta estado de coma induzido. Nieto chocou contra um carro e teve traumatismo cranioencefálico, comum em quem sofre um golpe violento na cabeça. 

Familiares de Nieto, que se aposentou das pistas aos 39 anos e hoje é comentarista desportivo, explicaram que o ex-piloto está a ser submetido a vários exames médicos para comprovar a gravidade das lesões, de acordo com o jornal ‘El País’.

O espanhol não passou por intervenção cirúrgica, mas recebeu um sensor que está a controlar a sua pressão intracraniana. Neste momento, encontra-se na Unidade de Tratamento Intensivo.

A policlínica ainda informou que deve soltar novo boletim sobre a saúde do ex-piloto nas próximas horas e não fez previsões para os próximos passos no tratamento do espanhol.

O ex-piloto é dono de nada menos que 13 títulos mundiais de motociclismo. Tem seis na antiga 50 cc (1969, 1970, 1972, 1975, 1976 e 1977) e sete nas 125 cc (1971, 1972, 1979, 1981, 1982, 1983 e 1984).

Nieto sofreu o acidente às 10h30, horário local, quando andava com o seu quadriciclo e foi atropelado por um carro. A motorista do veículo não viu que Nieto estava a travar o quadriciclo e chocou-o por trás. Com o impacto, Nieto foi catapultado e caiu; bateu com a cabeça no chão, segundo informações do jornal ‘Diário de Ibiza’.

A motorista foi submetida a exames para detectar se havia ingerido bebida alcoólica, mas a prova deu negativo.

Nascido em Zamora em 25 de Janeiro de 1947, Ángel Nieto é conhecido como o “homem das mil vitórias”. Supersticioso, o ex-piloto dá os seus autógrafos como “Ángel Nieto 12+1”. Além dos 13 títulos mundiais, o espanhol tem outros quatro vice-campeonatos (três nas 125 cc e um nas 50 cc), 90 vitórias e 139 pódios no Mundial de Motociclismo.

O ano de 2017 está a ser difícil para o Motociclismo. O desporto sofreu a perda repentina de Nickey Hayden, também vítima de um acidente de trânsito, quando foi atropelado por um carro durante um treino de bicicleta. Pouco depois, Max Biaggi sofreu um acidente, enquanto treinava numa pista italiana e ficou internado, mas conseguiu salvar-se.