Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nico Rosberg decide usar marca de capacete de Hamilton

23 de Junho, 2016

Nico Rosberg venceu quatro corridas seguidas no começo do ano, depois pagou-se

Fotografia: AFP

O visor do capacete de Nico Rosberg estava embaçando nas últimas corridas, problema que levou a trocar de marca Schuberth pela Bell, escolhida por Lewis Hamilton. Foi com novo casco, que o alemão recuperou, o bom momento na temporada.Nico Rosberg venceu quatro corridas seguidas no começo do ano, depois apagou-se. Um acidente em Barcelona, uma corrida ruim no Mónaco, uma largada confusa em Montreal. Lewis Hamilton partiu para a ofensiva e parecia ter força para levar o quarto título mundial. Até que o GP da Europa, em Baku, veio e os papéis inverteram-se. O que mudou?

O capacete de Rosberg. Claro que o rendimento de Rosberg tem a ver com coisas muito mais profundas do que isso, na essência, o capacete foi a única novidade para a corrida. Até o GP do Canadá, Rosberg usava a marca alemã Schuberth, utilizada por Michael Schumacher ao longo da carreira. No Azerbaijão, Nico resolveu testar a marca Bell – uma das favoritas entre os pilotos, utilizada por Hamilton desde o começo do ano.

A troca foi motivada por problemas na confecção da Schuberth. No Mónaco, o visor de Rosberg ficou embaçado por conta da chuva, problema que os outros pilotos não enfrentaram. Em Montreal, a alta humidade causou problema semelhante. A marca alemã garante que resolveu o problema. Assim, Rosberg deve voltar ao casco antigo no GP da Áustria. Com a vitória sólida no Azerbaijão, Rosberg voltou a ter algum conforto no campeonato. A vantagem sobre Hamilton voltou a ser de 24 pontos, suficientes para estar com força na disputa, mesmo em caso de abandono.