Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nico Rosberg triunfa na Bélgica

29 de Agosto, 2016

Rosberg venceu no circuito de Spa-Francorchamps na Bélgica e pressiona o seu companheiro de equipa Hamilton na liderança do Mundial de pilotos

Fotografia: AFP

O alemão Nico Rosberg (Mercedes) foi o vencedor do Grande Prémio da Bélgica em Fórmula 1, em Spa-Francorchamps, liderando desde o início a prova e relançando o Campeonato do Mundo.O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), líder do campeonato, partiu da 21.ᵃ posição e conseguiu aproveitar da melhor forma um espetacular acidente ocorrido à nona volta com o piloto da Renault Kevin Magnussen para terminar em terceiro. O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) terminou em segundo.Após o Grande Prémio da Bélgica, Lewis Hamilton tem agora 232 pontos, seguido de Nico Rosberg, com 223, e de Daniel Ricciardo, com 151.

MASSA
O brasileiro Felipe Massa teve ontem a oportunidade de se posicionar entre os melhores do Grande Prémio da Bélgica de Fórmula 1, mas recebeu a bandeira quadriculada apenas na décima posição, a mesma em que largou. Segundo o brasileiro, por problemas enfrentados com os pneus em Spa.

Massa começou a prova na décima posição eo e foi beneficiado pelos acidentes dos seus adversários à sua frente nas primeiras voltas.Puloupara a quarta colocação na segunda volta, por causa dos toques entre Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Max Verstappen, mas foi caindo na classificação ao longo da prova.

“Foi uma corrida muito difícil. Tentar preservar os pneus até o fim e aguentar a pressão enquanto estávamos na disputa foi duro. Foi complicado fica pista. Enquanto os pneus estavam lá, lutamos  por boas posições. Quando eles acabaram, não podíamos lutar mais”, afirmou.Quando ocupava o quarto lugar, Felipe Massa aproveitou a adopção do "safety car" virtual na terceira volta para ir às boxes trocar os pneus supermacios pelos macios, aproveitando a adoção do safety car virtual.

Três giros depois, o dinamarquês Kevin Magnussen bateu forte, causou a entrada do carro de segurança, quando quase todos os adversários fizeram a paragrm, e depois a adopção da bandeira vermelha.A prova foi reiniciada com Felipe Massa na sexta posição, mas o brasileiro conseguiu lutar pela posição apenas por algumas voltas. Foi caindo de rendimento e de posição na prova. Ficou com o décimo posto, dois atrás do finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro da Williams.

ACIDENTE
Kevin Magnussen
fractura o tornozelo


O dinamarquês Kevin Magnussen (Renault) sofreu uma lesão no tornozelo em consequência do acidente que protagonizou ontem  à nona volta do Grande Prémio da Bélgica de Fórmula 1, no circuito de Spa-Francorchamps.De acordo com a equipa francesa, o dinamarquês foi submetido a exames preliminares no centro médico do próprio circuito, tendo sido transferido posteriormente para um hospital local para realização de exames mais exaustivos.

Magnussen perdeu o controlo do seu carro à nona volta do circuito, tendo embatido a mais de 300 quilómetros/hora contra as proteções da pista, levando à interrupção da prova.A Renault escusou-se a relevar os motivos do acidente.O alemão Nico Rosberg (Mercedes) foi o vencedor do Grande Prémio da Bélgica, liderando desde o início a prova e relançando o Campeonato do Mundo.

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes), líder do campeonato, partiu da 21.ᵃ posição e conseguiu terminar em terceiro.O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) terminou em segundo.Após o Grande Prémio da Bélgica, Lewis Hamilton tem agora 232 pontos, seguido de Nico Rosberg, com 223, e de Daniel Ricciardo, com 151.