Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nico Rosberg vence grande prémio da Austrália

23 de Junho, 2014

Nico Rosberg é o único piloto em competição que marca presença alternada no pódio desde o Grande Prémio da Austrália

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Grande Prémio da Áustria de Fórmula 1 testemunhou ontem a sexta dobradinha da Mercedes na presente época desportiva. Nico Rosberg venceu a prova no Circuito Red Bull Ring a 1.932 segundos de Lewis Hamilton na segunda posição. A novidade da prova, porém, ficou por conta das Williams.

Pela primeira vez no ano (e desde 2012), a equipa de Frank Williams conquistou um pódio, graças ao terceiro lugar de Valtteri Bottas.  Felipe Massa, que largou na pole position, levou a pior nos pitstops e completou o quadro de classificação na quarta posição, o seu melhor resultado na época.

  Fernando Alonso ocupou o quinto lugar, com Sergio Perez (Force India), Kevin Magnussen (McLaren), Daniel Ricciardo (Red Bull), Nico Hulkenberg (Force India) e Kimi Raikkonen (Ferrari) a completar a zona de pontuação.O resultado ampliou a vantagem de Nico Rosberg na liderança do campeonato, agora, com 165 pontos. Lewis Hamilton ocupa o segundo lugar com 136, permitindo ao companheiro de equipa abrir uma vantagem de 29 pontos na liderança. O alemão tem garantido a primeira posição por mais uma prova pelo menos, mesmo que não pontue em Silverstone.

Ontem, Felipe Massa manteve a primeira posição na grelha de largada, enquanto Nico Rosberg superou a Williams de Valtteri Bottas. O finlandês, porém, deu o troco ao alemão e recuperou a posição ainda na primeira volta. O grande destaque da largada foi Lewis Hamilton, que saiu da nona para a quarta posição. Sebastian Vettel, que largou em 12º, teve problemas e comprometeu a sua prova, ao andar uma volta atrás dos demais pilotos desde o começo.

Diante do desgaste dos pneus supermacios da largada, a ronda de pitstops começou  na 10ª volta. As duas Mercedes pararam primeiro, com Nico Rosberg e Lewis Hamilton, antes das Williams de Massa e Bottas. Passada a janela, Sergio Perez (Force India) liderava sem trocar, à frente de Nico Rosberg, Bottas, Hamilton e Massa. O mexicano largou em 16º.Na volta 27, Sergio Perez finalmente cedeu e perdeu a primeira posição para Nico Rosberg. Bottas e Hamilton fizeram o mesmo logo na sequência. Perez e Massa reencontraram-se na pista pela primeira vez depois do acidente na última volta do GP do Canadá, mas não houve  tempo para um novo ataque do brasileiro à posição do rival, que foi para os boxes na volta 30.

Na volta 40, os primeiros colocados partiram para novas trocas de pneus. As Mercedes foram antes, deixando Bottas e Massa nas primeiras posições. O finlandês parou e voltou em quinto, com Massa de novo na liderança e Fernando Alonso em segundo. Quando parou, o brasileiro voltou em sexto, atrás de Alonso, Rosberg, Hamilton, Bottas e Perez. O espanhol da Ferrari fez então a sua segunda troca e os cinco pilotos que vinham atrás ganharam uma posição cada.Mais uma vez, Perez e Massa encontraram-se na disputa pela quinta posição, mas o mexicano parou novamente para trocar os  pneus na volta 56. O brasileiro ainda segurou a pressão de Fernando Alonso, em quinto, e cruzou a linha de chegada atrás de Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

FORA DO PÓDIO
 Felipe Massa
culpa paragem


Felipe Massa começou ontem na pole position no Grande Prémio da Áustria e liderou o primeiro trecho da prova. O piloto da Williams apontou o momento escolhido pela equipa para a sua primeira paragem para troca de pneus como responsável por ter ficado fora do pódio.A prova em Spielberg foi vencida por Nico Rosberg, que largou na terceira posição e aproveitou o bom ritmo do seu carro, na liderança de mais uma dobradinha da Mercedes, já que Lewis Hamilton ficou em segundo. A terceira posição da prova foi de Valtteri Bottas, que largou em segundo e companheiro de Massa na Williams.

“O problema foi a primeira paragem. Não sei o que aconteceu, voltei numa posição difícil, o Lewis Hamilton estava muito próximo e ultrapassou-me.Foi ali  que perdi a oportunidade de lutar pelo pódio. Valtteri Bottas parou e voltou à minha frente, foi um momento problemático da corrida”, disse Massa.Apesar de ficar fora do pódio em Spielberg, o brasileiro fez ontem a sua melhor prova da época na Fórmula 1. Antes da quarta posição do Grande Prémio da Áustria, tinha a sétima posição nos GPs da Malásia, Bahrein e Mónaco como melhores resultados no Mundial da categoria.“Segurar as Mercedes ia ser difícil, mas o pódio era possível. Fiz bem o primeiro trecho da corrida e ali foi o momento chave. Continuo feliz pelo resultado, pela equipa e pela corrida que fizemos”, afirmou Massa.

Valtteri Bottas
comemora pódio


  Valtteri Bottas ficou extasiado com a terceira posição do Grande Prémio da Áustria de F1, disputado ontem em Spielberg.  Ao largar na segunda posição da prova, afirmou ter vivido o seu melhor fim de semana na categoria e celebrou o lugar no pódio, o seu primeiro na carreira e o inaugural da Williams no ano.

A tradicional equipa inglesa teve um bom fim de semana, com Felipe Massa e Valtteri Bottas a garantir uma dobradinha na grelha de largada. Na prova de ontem, a dupla foi superada pelos pilotos da Mercedes Nico Rosberg e Lewis Hamilton, que ficaram com as duas primeiras posições.

“No geral, este foi o meu melhor fim de semana. Estou realmente feliz pela equipa, fomos fortes durante todo o fim de semana. É bom ter uma corrida limpa e somar alguns pontos. Estávamos a falar em optimizar o que tínhamos e mostramos o que podemos fazer”, disse Bottas.

Os carros da equipa de Frank Williams ocuparam as duas primeiras posições durante o primeiro trecho da corrida, mas perderam as posições para as Mercedes nas boxes para troca de pneus. “Precisamos trabalhar para ver se há algo que podemos fazer melhor. Temos de analisar. No momento, estou feliz com o que fizemos como equipa, mas sempre vamos mirar o melhor”, afirmou o finlandês.