Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Nishikori volta a fazer história

04 de Março, 2015

Nishikori escreveu uma página brilhante

Fotografia: AFP

Kei Nishikori, finalista no ATP 500 de Acapulco, escreveu esta segunda-feira mais uma página de história na sua carreira, ao subir ao quarto posto do "ranking" mundial, melhorando ainda mais o seu máximo, que é simultaneamente um recorde para o ténis asiático masculino.O japonês ultrapassou Andy Murray na classificação e tem agora à sua frente apenas os três melhores jogadores da década, Novak Djokovic, Roger Federer e Rafael Nadal, por esta ordem.

Nadal, campeão em Buenos Aires, é outro dos destaques. O espanhol subiu do quarto para o terceiro posto, recuperando um lugar no pódio. Andy Murray, que foi surpreendido pelo jovem croata Borna Coric nos quartos-de-final do ATP 500 do Dubai, desce de terceiro para quinto.Coric, de 18 anos, regista uma das maiores subidas da semana e é agora o 61.º classificado do "ranking" ATP, aproximando-se cada vez mais do topo.João Sousa, "número um" português, abandonou o top 50 e ocupa o 52.º posto. Rui Machado, que venceu 19 dos seus últimos 20 encontros, continua a subir e já é 256.º.

Breve
Robertson venceu Gdynia Open

O australiano Neil Robertson, de 33 anos, "número três" do "ranking" mundial da World Snooker, venceu o Opem de Gdynia, sexta e última etapa do Tour Europeu época 2014-15, ao vencer na final, que se concluiu na noite de domingo, o galês Mark Williams, por 4-0.Campeão mundial em 2010, Robertson confirmou a propensão para ser feliz na Polónia. Já vencera a etapa polaca em 2011 e em 2012 tendo somado a terceira vitória nos últimos quatro torneios pontuáveis para os circuitos profissionais disputados no país. A vitória permitiu ainda ao australiano embolsar os 25 mil euros destinados ao vencedor do torneio.