Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Noah eleito melhor jogador defensivo da temporada

26 de Abril, 2014

O poste dos Chicago Bulls arrebatou os impressionantes 555 votos

Fotografia: Reuters

O poste dos Chicago Bulls arrebatou os impressionantes 555 votos, contra apenas 166 de Roy Hibbert, dos Indiana Pacers, e 121 de DeAndre Jordan, dos Los Angeles Clippers.

O francês, filho do antigo tenista Yannick Noah, registou médias de 12.6 pontos, 11.3 ressaltos, 5.4 assistências e 1.5 desarmes de lançamento por jogo, torna-se assim o segundo jogador de Chicago a arrebatar a distinção. O outro? A lenda Michael Jordan.

Noah, que foi decisivo para os Bulls confirmarem a presença nos Play-offs, inscreve o nome numa lista onde postes de craveira já triunfaram, como Hakeem Olajuwon, Dikembe Mutombo, Alonzo Mourning, David Robinson ou Dwight Howard.

Dragic evoluiu
Goran Dragic, dos Phoenix Suns, foi eleito o jogar que mais evoluiu esta temporada na NBA. O base esloveno dominou as votações e recebeu 408 dos votos contra apenas 158 de Lance Stephenson e 155 de Anthony Davis. Dragic arrancou a temporada com uma média de carreira de 9.5 pontos por jogo, mas alcançou mais do dobro, ao registar 20.3 pontos, 5.9 assistências e 3.2 ressaltos por partida. O internacional esloveno liderou os Suns com um registo de 48 vitórias e 34 derrotas, ficou a apenas uma vitória de entrarem nos Play-offs.


NBA Play-offs
Memphis em vantagem


Os Memphis Grizzlies venceram ontem a terceira jogoda da primeira ronda dos play-offs diante dos Oklahoma City Thunder e passam a liderar a série por 2-1.

A formação do Tennesee recebeu e venceu os Thunder por 98-95, após prolongamento, numa partida em que Zach Randolph acabou por ser determinante, com 16 pontos, dez ressaltos e seis assistências.

Kevin Durant (30 pontos, nove ressaltos, três assistências e 2 roubos de bola) e Russell Westbrook (30 pontos, 12 ressaltos e duas desistências) fizeram grandes exibições mas não foram capazes de contrariar a superioridade dos homens da casa.