Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Noberto de castro constri fbrica de material desportivo

Antnio de Brito - 10 de Fevereiro, 2020

Nascimento da fbrica vai suprir a procura de produto no mercado bem como diminuir importao

Fotografia: Edies Novembro

As obras para a edificação da fábrica de material desportivo, adstrito ao Complexo Desportivo e Escolar Norberto de Castro, localizado no bairro Capalanga, município de Viana,  iniciam, hoje, após o acto de lançamento da primeira pedra, no passado dia 1 deste mês. O imóvel vai ser construído, numa área de 8.300 metros. Caso não surjam quaisquer imprevistos, os trabalhos podem durar 12 meses.
Sem avançar custos e capacidade instalada, a fábrica vai produzir material desportivo para as mais variadas modalidades, como bolas, calções, camisolas, meias, sapatilhas e fato de treino. Além de confeccionar produtos têxteis, a fábrica vai proporcionar novos postos de trabalho, sobretudo para os munícipes de Viana, no caso concreto da juventude, a maior franja da sociedade.
O nascimento da fábrica vai suprir à procura do produto no mercado, bem como diminuir a importação. Com o desaparecimento das unidades fabris, com maior realce para a York (Huambo) e Armag (Luanda), o país passou a comercializar produtos importados.
Com o surgimento da fábrica, os clubes nacionais vão deixar de adquirir divisas para importar equipamentos, pois já vão poder comprá-los em Kwanzas. “ Penso que é um ganho para o país. Devemos apoiar iniciativas como essas de Norberto de Castro. Jovem empreendedor e preocupado com o futuro da juventude. Criou o Complexo Desportivo e Escolar. Agora abraça uma outra causa. É motivo de orgulho e de grande satisfação para todos nós”, disse ao Jornal dos Desportos o antigo presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Armando Augusto Machado.

Novo campo
Lembramos que no dia 1, a Fundação Norberto de Castro inaugurou dois empreendimentos desportivos, o campo de relva sintética, denominado General Carlos Hendrick e o ginásio que atende pelo nome de “Gilberto Amaral, antiga estrela do Petro de Luanda e dos Palancas Negras.
O campo dispõe de acentos de plástico para 1.900 espectadores, balneários e tribuna Vip, ao passo que o ginásio está todo equipado, com produtos de última geração. Junto da faixa principal do campo foi construído o busto de Carlos Hendrick, banhado em bronze.
Em declarações a este jornal, o presidente de direcção do 1º de Agosto, visivelmente emocionado,  referiu que “ não estava à espera desta homenagem. Estou feliz, por ter sido reconhecido pelo senhor Norberto de Castro. Portanto, é fruto do trabalho que tenho vindo a realizar no meu clube”, agradeceu o dirigente desportivo.
Por sua vez, o presidente do Petro de Luanda Tomás Faria, elogiou o trabalho que Norberto de Castro tem feito em prol do desenvolvimento desportivo no país.“ É um gesto que nos honra. Aproveito para encorajá-lo a prosseguir com os esforços que tem vindo a realizar. O Petro agradece a homenagem a Gilberto”.
O patrono do Complexo Desportivo e Escolar prometeu dar o seu melhor nas actividades mesmo com inúmeras dificuldades. \"Enquanto Deus permitir vou continuar dar o meu melhor no campo desportivo e social”, garantiu Norberto de Castro.