Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Norberto de Castro recebe material desportivo

Joo Francisco - 11 de Fevereiro, 2019

Norberto de Castro, agradeceu o presente do Minjud.

Fotografia: Mota Ambrsio

A Escola Norberto de Castro recebeu no último fim de semana material desportivo diversos num quadro de celebrações de mais um aniversário do Ministério da Juventude e Desportos (Minjud) a assinalar-se hoje. A entrega do material consubstanciado em aros e tabelas para o basquetebol e redes para as balizas contou com representantes do órgão reitor da política desportiva do país chefiado por Mário Ndilu.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o chefe de Departamento do Minjud, Mário Ndilu, que representou o Secretário do Estado, Carlos Almeida, assegurou que \"as amostras do material patenteado é apenas simbólico e os restantes serão entregues nos próximos dias\".
Em resposta, o patrão da instituição, Norberto de Castro, agradeceu o presente do Minjud.
\"Pela primeira vez, acontece um gesto do Ministério da Juventude e Desportos para a nossa instituição. Agradeço o consulado da ministra Ana Paula Sacramento Neto pelo reconhecimento do que os seus antecessores não fizeram\", disse.
A entrega do material desportivo foi testemunhada por uma plateia de crianças que lotaram as bancadas do campo multiuso da Escola Noberto de Castro.
Para fechar o gesto, os integrantes da Academia de Futebol Norberto de Castro assistiram a uma palestra sobre \"A ética no Desporto\" orientada pela funcionária sénior do Minjud, Clementina Assis. Os futebolistas aprenderam como se comportar diante de diferentes situações de jogo, antes e depois.
A transmissão de conhecimentos sobre a \"Ética no Desporto\" consta de um plano da CPLP. A organização pretende disseminar dentro da comunidade comportamentos que visem promover o bem-estar de todos os praticantes. Mário Ndilu e Clementina Assis foram formados por prelectores portugueses em Junho 2018, em São Tomé e Príncipe, no âmbito do \"Plano de Ética sobre o Desporto na CPLP\". Os dois angolanos têm a missão de multiplicar os formadores dentro das Federações Nacionais. Antes da Academia Norberto de Castro, Mário Ndilu e Clementina Assis estiveram com os mesmos propósitos nas províncias de Cabinda e da Huila.