Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Novac Djokovic supera Rafael Nadal na liderança do ATP

15 de Abril, 2015

Tenista sérvio na primeira posição da lista da ATP

Fotografia: AFP

O sérvio, Novak Djokovic, é o sexto tenista com mais tempo na liderança do ranking mundial, da modalidade. Na segunda-feira, aparece na primeira posição da lista da ATP pela 142ª semana na sua carreira, ultrapassa  o espanhol Rafael Nadal. Djokovic lidera o ranking mundial com 13.205 pontos, com 4.310 de vantagem para o suíço Roger Federer, tenista que mais tempo permaneceu na primeira posição da lista.

O terceiro colocado é o britânico Andy Murray, seguido pelo japonês Kei Nishikori e o espanhol Rafael Nadal. O tenista sérvio colocou-se entre os dez primeiros do ranking mundial em Março de 2007 e desde então integra o selecto grupo.  Assumiu a liderança da lista pela primeira vez em 2011 e ocupa a posição de honra pela terceira vez na carreira desde 7 de Julho de 2014. Para entrar no top 5 dos tenistas que mais tempo lideraram o ranking mundial, Novak Djokovic vai precisar de superar a marca de John McEnroe, norte-americano que foi o melhor do mundo por 170 semanas.

Caso se mantenha na ponta da lista da ATP, ininterruptamente, o sérvio pode alcançar o feito em 9 de Novembro. O recordista é Federer, com 302 semanas. O ranking da ATP divulgado na segunda-feira não tem mudanças entre os  dez primeiros colocados. TP Um dos tenistas de maior ascensão na lista foi o eslovaco Martin Klizan, que ganhou 12 postos com o título do A250 de Casablanca e agora é dono da 29ª posição.

Nastase crítica
atitude de Halep

O romeno Ilie Nastase, primeiro líder do ranking mundial da ATP, criticou a postura da actual terceira do mundo da WTA, Simona Halep, que não vai ao Montreal pelos play-offs do Grupo Mundial da Federation Cup, a maior competição de nações. Halep vai jogar em duas semanas o WTA de Estugarda, na Alemanha,  provocou a ira de Nastase que venceu 109 partidas com 37 derrotas em jogos de Copa Davis, competição similar ao masculino: “Pergunte a Halep porque não irá jogar pela Roménia. Porque irá a Stuttgart e não jogará a Fed Cup.

Eu fui para a Copa Davis pelo meu país e ela vai a Stuttgart. Acho representativo ela dizer que está cansada, mas ela vai para Stuttgart. Eu pergunto, o que é importante ? Estugarda ou Fed Cup ? Você só joga uma ou duas vezes por ano pela equipa nacional. Talvez ela não goste do espírito de equipa. Você não será a número 1 do mundo a jogar o torneio de Estugarda, você atinge o número se pensar nos Grand Slams”, disparou Nastase que ganhou dois Grand Slams na carreira.