Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

OMS garante segurança contra zika

26 de Fevereiro, 2016

Margaret Chan, no Brasil devido ao grande receio recorrente aos inúmeros casos de zika descobertos no país

Fotografia: AFP

Margaret Chan, directora geral da OMS, Organização Mundial da Saúde, veio ao Brasil devido ao grande receio recorrente aos inúmeros casos de zika descobertos no país. Apesar da gravidade da situação, a médica chinesa acredita que as medidas desempenhadas pelo governo, realizadas em parceria com outros órgãos internacionais, serão efectivas no intuito de evitar que a doença atinja mais pessoas.

 “Quero garanti-los de que o governo está trabalhar em conjunto com o movimento olímpico internacional e com o comité organizador local, e é apoiado pela Organização Mundial da Saúde, para assegurar que temos um plano muito bom contra o mosquito. Devemos garantir que qualquer pessoa que virá aos Jogos, turista ou atleta, tenha a máxima protecção que necessita”, declarou Chan.

A dirigente está em Recife, capital de Pernambuco, onde há mais casos de microcefalia, que podem estar associados ao zika. Margaret está acompanhada por Carissa Etienne, directora da Organização Pan-Americana de Saúde e directora regional da OMS paras as Américas.


BREVE
Duplas brasileiras
iniciam disputa
do circuito mundial


As duplas brasileiras que se destacaram no ano passado e garantiram vaga olímpica, tentam nesta semana mostrar que o domínio vai permanecer em 2016. Desde quarta-feira acontece o Maceió Open, primeira competição internacional com brasileiros na temporada, em Alagoas. Das quatro duplas que vão representar o Brasil no Rio 2016, só Alison e Bruno não irão participar. Pelo sistema da Federação Internacional, contam os 12 melhores resultados em pontos de cada dupla. Ser cabeça de chave pode significar um caminho mais fácil para uma medalha olímpica