Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Organização contacta parceiros

Silova Cacuti - 15 de Dezembro, 2015

São Silvestre de Luanda´2015

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Federação Angolana de Atletismo, organizadora da 60ª edição da corrida de fim de ano, a São Silvestre de Luanda, começa hoje um ciclo de reuniões com os seus parceiros, com objectivo de coordenar as ideias para uma corrida revestida de êxito.

Até à realização da prova, estão previstas três reuniões com representantes das empresas de comunicação, com organismos de  asseguramento e outros parceiros. Hoje, na sua sede, a Federação reúne, em separado, às 10h00, com outros organismos e, às 11h00, com os representantes das empresas de comunicação.

A São Silvestre de Luanda conta com pré-inscrição de 69 corredores estrangeiros, dos quais 42 do sexo masculino e 27 do sexo feminino.
No encontro, Adriano Nunes, director de prova, pode avançar informações sobre os contactos que a organização tem mantido com a queniana Edna Kiplagat, campeã mundial da maratona, e com a direcção do Kabuscorp do Palanca para saber da eventual presença do também queniano  Stephen Kibet, vencedor da edição passada que correu por aquela agremiação.

A prova tem um orçamento de 30 milhões de kwanzas (cerca de 250 mil dólares norte-americanos). Quanto ao valor para o vencedor, caiu para sete mil dólares, em virtude da redução do orçamento da corrida. Na edição passada, a prova ofereceu 15 mil dólares ao vencedor.

A organização da prova desdobra-se em parcerias para reforçar o pacote de prémios. Depois de ter garantido, na edição anterior, prémios da NCR, num contrato que ainda tem validade, recentemente, assinou um memorando de entendimento com a DSTV. À luz do memorando, a DSTV coloca à disposição da organização da São Silvestre 150 descodificadores para premiar atletas populares. Para breve estão previstos acordos similares com a Net One e Unitel.

A São Silvestre de Luanda tem habitual partida no Largo da Mutamba e meta no Estádio dos Coqueiros. O percurso está fixado em 10 quilómetros. Os atletas vão passar pelas Avenidas Amílcar Cabral, Revolução de Outubro, Ho-Chi Min, Alameda Manuel Van-Dúnem, Ruas da Missão e 4 de Fevereiro, assim como os Largos do Kinaxixe e do Baleizão.

O queniano Stephen Kibet venceu a 59ª edição da São Silvestre de Luanda com o tempo de 28min34s. Em feminino, venceu a sua compatriota Josephine Chepkoech, com 32min19s. Entre os angolanos, Bastos Filipe, do 1º de Agosto, com o tempo de 31min52s foi o melhor atleta. Adelaide Machado, do Interclube, cronometrou o tempo de 36min43s e foi a melhor mulher.