Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Organização define marcas de Angolanos

08 de Novembro, 2013

João Alexandre foi o melhor angolano na edição passada da São Silvestre

Fotografia: Jornal dos Desportos

A organização da corrida pedestre "São Silvestre" anunciou, em Luanda, a disponibilidade de um milhão e quinhentos mil kwanzas para premiar os primeiros classificados nacionais masculinos e femininos.

De acordo com o presidente da Federação Angolana de Atletismo, Carlos Rosa, para conquistarem este valor os angolanos devem obter as marcas mínimas de 28.48 minutos (masculinos) e 33.08 minutos (femininos).

Neste caso, o prémio é repartido em 750 mil kwanzas para cada atleta. Entretanto, se apenas um atingir o tempo previsto recebe o prémio total (um milhão e quinhentos mil kwanzas). A prova conta pela primeira vez com um carro-relógio para cronometrar o percurso.

Estão inscritos cem atletas estrangeiros, sendo a Etiópia o país mais representado com 24 concorrentes, destacando-se o detentor do título, Atsedu Tesfaye. As inscrições para os atletas angolanos vão decorrer de 12 a 20 deste mês.

O percurso da prova é de dez quilómetros, com partida no largo da Mutamba, às 17h00, e meta no estádio dos Coqueiros. A edição de 2012 foi conquistada por Atsedu Tesfaye, da Etiópia, em masculinos, e pela queniana Prisach Jeptoo.


Breves

Chad Le Clos bate recorde do Mundo
O sul-africano Chad Le Clos bateu o recorde do Mundo dos 200 metros mariposa em piscina curta, na Taça do Mundo, que se disputa em Singapura. O campeão mundial e olímpico, que fez o tempo de 1.48,56 minutos, melhorou o anterior máximo, que também lhe pertencia, 1.49,04 m. Esta competição é a sexta etapa da Taça do Mundo depois das passagens por Eindhoven, Berlim, Moscovo, Dubai e Doha.