Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Orlando Ribeiro procura nova equipa

Helder Jeremias - 29 de Dezembro, 2018

O anncio da desistncia do Team Dinamith coloca o jovem motoqueiro fora do circuito e das acrobacias.

Fotografia: Edies Novembro

A época 2019 do Campeonato Provincial de Motocross de Luanda é uma incógnita para o campeão em título da classe dos 150cc, Orlando Ribeiro. O anúncio da desistência do Team Dinamith coloca o jovem motoqueiro fora do circuito e das acrobacias.
Depois de uma prestação brilhante no ano de estreia, no escalão de formação, Orlando Almeida consta da lista de pilotos talentosos que ascenderam à categoria rainha (250cc) do Provincial de Luanda. A inserção da prova está dependente do surgimento de uma nova equipa. A direcção do Team Dinamith enfrenta dificuldades conjunturais para se manter no activo.
Até então um ilustre desconhecido na classe de pilotos dotados de elevado prestígio em Luanda, Orlando Ribeiro apareceu determinado em escrever o seu nome com letras de ouro no motocross nacional. Surpreendeu os prosélitos da modalidade com excelente discernimento aos comandos de uma Suzuki 150cc, com a qual venceu a jornada inaugural, disputada a 24 de Março, no circuito Jorge Varela. Foi ao pódio, acompanhado de perto por Cacau Talaia, do Team Moto Service Ideal, e Augusto Carvalho, da equipa Del Santos Canil.
A segunda jornada foi mais difícil para o Orlando Ribeiro. As presenças do experiente piloto do Team Moto Service Ideal, Humba Carlos, e do seu colega de equipa, Cacau Talaia, criaram dificuldades, mas foram incapazes de impedir um novo triunfo do caloiro da equipa vianense. Limitaram-se com o segundo e terceiro lugares.
Humba Carlos interrompeu o ciclo vitorioso de Orlando Ribeiro na terceira jornada. Passou a ocupar o primeiro lugar do pódio nas quatro provas subsequentes. No entanto, Orlando Ribeiro sempre soube manter a persistência ao obter dois segundo lugares, um terceiro, um sexto e novo triunfo na jornada derradeira.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, Orlando Ribeiro mostrou-se muito feliz pela proeza alcançada.
“É uma emoção muito grande ter conquistado este título. Agradeço a direcção da equipa por me ter confiado nesta empreitada, assim como ao público que me transmitiu maior confiança com o forte apoio, muito embora se tratasse do meu primeiro ano”, disse.
Orlando Ribeiro também exprimiu alguma insatisfação por não poder voltar a representar a equipa da sua primeira consagração como campeão provincial. Contudo, mantém a esperança.
O presidente honorário do Team Dinamith, Carlos Moreira, reconheceu o talento do jovem piloto, Orlando Ribeiro, e sugere a integração numa equipa \"bem estruturada para não subaproveitar o potencial\".
“Não duvido que o jovem encontre em breve uma equipa nova, com a qual venha a estrear-se na categoria dos 250cc. Já conta com 18 anos de idade. Estamos satisfeitos pela excelente prestação ao serviço da nossa equipa e desejamos-lhes muitos êxitos ao longo da carreira”, vaticinou Carlos Moreira.
O Team Dinamith fez a dobradinha ao vencer pela segunda vez consecutiva a categoria dos 250cc, por intermédio do piloto namibiano Ruhan Gous, e a conquista do título nos 150cc ter as chancelas de Yane Oliveira “Busha” entre 2011 e 2014.