Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Parceiro de Fernando Alonso é um mistério

13 de Novembro, 2014

Fernando Alonso faz lobyee por Button e espera que a equipa liderada por Eric Boullier avalie os ganhos e as perdas.

Fotografia: AFP

A entrada de Fernando Alonso na McLaren deve ser anunciada oficialmente antes do Grande Prémio de Abu Dhabi. A última prova do Mundial deste ano está marcada para dia 23 deste mês, e a confirmação do regresso do espanhol à equipa britânica está dependente de uma escolha crucial: o acompanhante de Alonso em 2015.

Os nomes de Jenson Button e de Kevin Magnussen bloqueiam o mercado de transferência de pilotos. O britânico disse no final do Grande Prémio do Brasil que nada tinha a provar. “Suplantar dois Red Bull, dois Ferrari e um Williams não é, de todo, um mau dia de trabalho.

O que posso fazer é isto, entrar em pista, guiar rápido e desfrutar. O resto não está nas minhas mãos”, acrescentou o quarto classificado em Interlagos. A caminho dos 35 anos, Jenson Button foi campeão do Mundo pela Brawn/Mercedes em 2009 e esta é a 15ª época na F1. No seu cirrículo constam 265 corridas, 15 vitórias e 50 pódios.

A dúvida da McLaren está assim entre a experiência de um piloto consistente como Jenson Button e “rookie” dinamarquês Kevin Magnussen.
Vencedor das World Series by Renault 3.5 no ano passado, Magnussen foi ágil na adaptação à F1 e ocupa a décima posição no campeonato. No GP da Austrália, prova que abriu o campeonato de 2014, ficou em segundo lugar.

Fernando Alonso faz lobyee por Button e espera que a equipa liderada por Eric Boullier avalie os ganhos e as perdas. Ou escolhe a experiência do britânico e tudo quanto esse capital pode trazer no ano de estreia de motor (Honda) ou opta por um piloto jovem, aguerrido e naturalmente muito menos pesado na folha de vencimentos.

FERRARI E VETTEL
A Ferrari continua à espera da confirmação da entrada de Fernando Alonso na McLaren. Assim que tal suceder, a equipa do “cavallino” vai anunciar o “line-up” para 2015. A entrada de Sebastian Vettel para o lugar do espanhol. O “segredo” só devia  ser revelado após Alonso informar para onde ir, mas a Red Bull acabou por deixar escapar a inconfidência.