Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pedro Godinho assume Federação

03 de Março, 2017

Pedro Godinho junta associados e amigos numa festa na cada 70 em Luanda

Fotografia: José Cola

Longe da exuberância de há quatro anos, quando teve a honra de ter entre os convidados o beninense Mansorou Aremou, presidente da Confederação Africana, Pedro Godinho vai tomar posse hoje, pela terceira vez, como presidente da Federação Angolana de Andebol em acto marcado para as 19h00, na Casa 70. Estão confirmadas as presenças do Ministro da Juventude e Desportos, Albino da Conceição, da Secretária de Estado para a Política Desportiva, Ana Paula Sacramento, e de atletas convidados.

Pedro Godinho foi reeleito a 25 de Fevereiro à frente de lista única com 27 votos favoráveis e uma abstenção, escrutinados 28 dos 32 votos previstos.
Pedro Godinho apresentou-se para o seu terceiro mandato com a promessa de materializar as competições regionais nos escalões de formação, a fim de aumentar a competitividade nas várias regiões do país.

Neste mandato, o presidente da Federação propõe-se também a reforçar as relações com as associações provinciais. Para efectivar esse desiderato, Pedro Godinho promete criar um grupo de apoio ao vice-presidente para a área, que vai ser constituído, entre outros, por ex-líderes associativos.

A nova direcção da Federação pretende levar à Assembleia Geral uma proposta para que os clubes se façam representar no maior órgão da instituição desportiva, a saber a Assembleia Geral. Os clubes vão também continuar a beneficiar da isenção de taxas de participação nas provas juvenis realizadas pela Federação.

O presidente reeleito anunciou também o desenvolvimento de acções conducentes à aproximação da selecção nacional sénior feminina às zonas de medalhas nos campeonatos mundiais e Jogos Olímpicos.

No capítulo do marketing desportivo, o antigo praticante disse que tem garantido os patrocinadores do mandato anterior e ainda outros que, satisfeitos com os retornos obtidos com seu engajamento do último Campeonato Africano que o país acolheu, manifestaram o desejo de continuar a apoiar. Mais, prometeu empenho para que esses patrocínios sejam extensivos às associações.

No campo desportivo, Pedro Godinho inscreveu no seu programa o objectivo de manter as conquistas das selecções femininas e também manter ou melhorar o terceiro lugar masculino nos Campeonatos Africanos, de forma a que a presença nos campeonatos mundiais seja uma constante e com maior ambição.

Dentre os membros a empossar, realce para a inclusão da ex-atleta e jurista, Marcelina Kiala, que entra como vice-presidente da Mesa da Assembleia-geral, órgão presidido por Victor Araújo.  Na direcção, o elenco inscreve quatro vice-presidentes, mormente, Horácio Feijó, Inocêncio Júnior, Horácio Rasgado e José \"Zeca\" Venâncio.

José Domingos Constantino, Arlene de Sousa e Joaquim Neto presidem aos Conselhos de Disciplina, Jurisdicional e Fiscal.