Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pedro Godinho enaltece nível competitivo

24 de Julho, 2017

Pedro Godinho exalta o empenho das equipas participantes

Fotografia: José Cola | Edições Novembro

A exibição do Petro de Luanda e do 1º de Agosto no jogo da final da 39ª edição do Campeonato Nacional sénior feminino não passou despercebida ao presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho. O dirigente reconheceu o alto nível competitivo e o empenho exibido pelas duas equipas finalistas no evento que encerrou sábado último na Cidadela Desportiva.

Em declarações à imprensa, Pedro Godinho assegurou que os jogos exibidos deixaram satisfeitos todos aqueles que acompanharam o campeonato nacional e a evolução dos atletas.

“Tenho de agradecer o público, que apareceu em massa, os membros da comunicação social, pelo acompanhamento e divulgação. Observamos um nível técnico e competitivo elevado. As equipas empenharam-se ao máximo. Tudo aconteceu no ano do Mundial que permitiu ao treinador tirar as suas ilações para a selecção nacional”, disse.    

No final, a organização do evento nacional escolheu os atletas que mais arrancaram aplausos dos espectadores e convenceram os treinadores. Assim, Isabel Guialo foi eleita a MVP, a jogadora mais valiosa da competição sénior feminina. Helena Paulo foi a melhor marcadora da competição nacional com 48 golos.

Para o sete ideal da prova, a guarda-redes do Electro do Lobito, Eugénio Neto, foi a eleita.

Juliana Machado, do 1º de Agosto, foi eleita a meia-distância direita; Isabel Guialo, do 1º de Agosto, foi a central; Christian Mwasessa, do 1º de Agosto, é meia-distância esquerda; Vilma da Silva, da Marinha de Guerra, eleita a ponta esquerda; Albertina Cassoma, do 1º de Agosto, a pivot; Azenaide Carlos, do Petro de Luanda, a ponta direita.

MASCULINO
A feras masculinas não passaram despercebidas. Adelino Pestana, do Interclube, recebeu o troféu de MVP, o melhor jogador da competição.
Mário Tati, do Petro de Luanda, recebeu o troféu de melhor marcador com 40 golos. 

Para o sete ideal, a baliza é resguarda por Giovane Muachissengue, do 1º de Agosto; Adelino Pestana, do Interclube, eleito meia-distância direita; Manuel Nascimento, do 1º de Agosto, é  central; Mário Tati, do Petro de Luanda, meia-distância esquerda; Adilson Maneco, do 1º de Agosto, ponta esquerda; Gabriel Teca, do 1º de Agosto, pivôt e Otiniel Pascoal, do 1º de Agosto, ponta direita.