Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Prez perde cinco posies no grid de partida do GP da ustria

11 de Junho, 2014

Piloto sancionado com perda de cinco postos no grid do grande prmio da ustria

Fotografia: AFP

O piloto mexicano Sergio Pérez (Force India) foi sancionado com a perda de cinco postos no grid de largada do próximo Grande Prémio da Áustria, ao ser considerado responsável pela colisão que sofreu com o brasileiro Felipe Massa (Williams) durante o Grande Prémio do Canadá.Os comissários, após analisarem as imagens do acidente, consideraram que o carro de Pérez mudou a trajectória quando a Williams de Massa estava a ultrapassar na primeira curva da última volta.

Em consequência da manobra, a roda dianteira direita da Williams de Massa tocou com a parte traseira esquerda da Force India de Pérez, provocou  um acidente que deixou fora os dois pilotos e esteve a pontos de atingir também a Red Bull de Sebastien Vettel.Após o acidente os dois pilotos foram levados por precaução ao hospital, onde tiveram alta pouco depois ao  comprovar-se  que nenhum dos dois tinha sofrido contratempo algum.

MASSA DISCORDA

O piloto brasileiro Filipe Massa da Williams acusou  na segunda-feira, o mexicano Sergio Perez  da Force India de ser um piloto "perigoso", depois de este ter provocado um acidente quando ambos seguiam a quase 300 km/hora, no GP do Canadá. Os monolugares dos dois pilotos colidiram à alta velocidade à entrada da curva 1 a duas voltas do final GP do Canadá no domingo, quando Massa tentava ultrapassar Perez na luta pelo quarto lugar.
Em sequência do toque, os dois carros chocaram contra as barreiras de protecção.

"As regras já existem há alguns anos. Quando um carro já está lado a lado [com o carro que vai ultrapassar] então o outro já não se pode mexer. Mas ele mexeu-se e tocámos. É perigoso", disse Massa. Perez foi punido com perda de cinco lugares na "grelha" de partida para a próxima corrida, o GP da Áustria a 22 de Junho. "Para mim, [uma penalização de] cinco lugares não chega. Ele foi perigoso", acrescentou o piloto brasileiro. Os dois pilotos escaparam ilesos do acidente, saíram dos carros pelo próprio pé, mas o impacto foi tão grande - Perez foi submetido a uma força de 27G ao bater na barreira - que ambos tiveram de ser hospitalizados para exames e observação.

O mexicano afirmou apenas que estava a defender a quarta posição, quando de repente foi atingido por trás. Massa disse que tentou chamar Perez à razão quando ambos estavam no hospital e recordou que já não é a primeira vez que o mexicano "fecha" um piloto à entrada de uma travagem. O GP do Canadá acabou por ser ganho pelo australiano Daniel Ricciardo (Red Bull),que acabou com a hegemonia esta época da Mercedes (que tinha vencido todas as outras corridas).