Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pescadores fazem treino no mundial de França

Álvaro Alexandre, em Marselha - 19 de Agosto, 2013

Angola conquistou pela primeira vez o campeonato do mundo em 2008, na África do Sul.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional sénior masculina realiza hoje, a partir das 7h00, no Port Saint Louis du Rhône, na cidade de Marselha, França, o primeiro treino exploratório para a identificação das regiões propensas em qualidade e quantidade de exemplares marinhos definidos para o XXII Campeonato do Mundo de Pesca Desportiva de Alto Mar (BIG GAME), que vai decorrer de 21 a 24 do corrente. Os angolanos procuram também ambientar-se às condições climatéricas da vila Port Saint Louis du Rhône.

A equipa nacional vai realizar dois treinos, hoje e amanhã, antes do arranque do BIG GAME, que compreende três jornadas, a partir de quarta-feira e encerra na próxima sexta-feira. A organização do evento desportivo mundial estabeleceu as regiões que merecem a exploração. “Vamos vistoriar todas as regiões e, no final do estudo, escolheremos os três lugares para pescar nos dias do concurso”, disse Rogério Matos, capitão da Selecção Nacional.

Angola marca presença com uma equipa composta por Rogério Matos (capitão), David Abohbot da Silva, Nuno Abohbot da Silva e Mário Rui Tavares.
Os anfitriões e os senegaleses são as equipas com maior número de representantes no XXII BIG GAME. As duas delegações estão na competição mundial com três selecções cada. À razão de quatro elementos para cada embarcação, as delegações de França e do Senegal têm cada uma 12 pescadores.

Na vila de Port Saint Louis du Rhône, sede  do XXII Campeonato do Mundo,  estão confirmadas as presenças de nove países, Angola (1), África do Sul (1), Brasil (1), Espanha (2), França (3), Itália (2), México (2), Nicarágua (1), Senegal (3) e França (3). O favoritismo é atribuído às selecções do mar Mediterrâneo, com destaque para Itália, Espanha e França. O capitão da Selecção Nacional, Rogério Matos, disse ontem ao Jornal dos Desportos que não está preocupado com as vantagens atribuídas às formações europeias.

“Vamos surpreender o mundo. Estamos na competição para lutar até ao fim e somarmos o segundo título mundial”, avançou. Angola conquistou pela primeira vez o campeonato do mundo em 2008, na África do Sul.
ÁLVARO ALEXANDRE, EM MARSELHA

MATERIAL DE PESCA
Alfândega de Lisboa
retém bagagem

Todo o material preparado para que Angola participe no XXII BIG GAME, que vai decorrer de 21 a 24 do corrente mês em Port Saint Louis du Rhône, Marselha, França, está retido no departamento da Alfândega, no Aeroporto de Lisboa. Por esse motivo, a Selecção Nacional vai utilizar material de pesca desportiva alternativo. O avião que transportou a delegação angolana de Lisboa a Marselha é de pequeno porte e não tem capacidade para levar bagagem fora dos padrões definidos pela companhia aérea portuguesa. No cumprimento das normas, o material de pesca dos angolanos não chegou ao Aeroporto de Marselha.

O comandante Rogério Matos, da Selecção Nacional de Pesca Desportiva, garantiu que a recuperação do material vai acontecer nos próximos dias.
“Fizemos a nossa reclamação à companhia transportadora portuguesa. A mesma garantiu-nos que fará a entrega do material antes do arranque do campeonato”, assegurou. Para superar o contra-tempo criado pela companhia portuguesa, a delegação angolana encontrou uma via alternativa.
“Tivemos de recorrer ao mercado francês. Comprámos materiais de boa qualidade. Com os mesmos, estamos em condições de competir em igualdade de circunstâncias”, concluiu.
ÁLVARO ALEXANDRE, EM MARSELHA