Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro desfalca prova nacional

Rosa Napoleão - 23 de Julho, 2016

Atletas do Petro de Luanda estão desprovidos de recursos para defenderem os títulos

Fotografia: José Cola

As ausências das equipas de ginástica do Atlético Petróleos de Luanda e do Nguzo Yeto de Malanje marcam pela negativa os campeonatos nacionais de juniores e seniores, que decorrem desde ontem na cidade de Cuito, província do Bié. Razões alheias à vontade da organização do evento estão na base da recolha de duas das melhores equipas do país nas suas localidades.

Ontem, na estreia do evento, o equilíbrio ficou patente entre as equipas participantes. As formações do Kabuscorp do Palanca, Agefir, Team Elite, Uíge, Cuanza Norte, Jakson Garcia de Benguela e Petro do Huambo competiram no ginásio do Sporting do Bié, na categoria de juniores em ginástica artística, rítmica, aeróbica e tumbling. Por razões de fecho de edição, não foi possível apurarmos os resultados finais das provas dos mais jovens.

Para hoje, o calendário reserva as provas na categoria de seniores com a presença do Cuanza Norte, Dodogy da Lunda Sul e o Puniv Capango do Huambo, além das equipas que participaram nas provas de juniores.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, o director técnico da Federação Angolana de Ginástica, Agostinho Sungo, assegurou que o primeiro dia registou muita qualidade e elevado nível de competitividade das equipas.

O responsável sustentou que "se assistiu a grandes exibições das equipas, o que constitui um reflexo do crescimento e maturação técnica". O equilíbrio entre as equipas é notável e "está a ser uma experiência boa para os ginastas, pois no final vão acumular mais experiências".

Agostinho Sungo ressaltou que estão "satisfeitos" com o número de atletas apurados para a competição nacional. "É a prova de que os campeonatos das zonas centro, Norte e Sul foram bem disputados", justificou.