Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro quer reduzir vantagem do lder

28 de Fevereiro, 2019

Petrolferos da capital e militares vo disputar o quarto clssico do Campeonato Nacional

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro |

Sem o experiente base, Domingos Bonifácio, a contas com uma lesão, à sensivelmente dois meses, a formação do Atlético Petróleos de Luanda defronta amanhã, a partir das 18h00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, o arqui-rival 1º de Agosto, em partida que centraliza as atenções da primeira jornada da quarta volta da fase regular da 41ª edição do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculino, vulgo Unitel Basket.
Os petrolíferos da capital que ocupam, actualmente, a segunda posição da tabela classificativa, com 44 pontos, pretendem reduzir a vantagem do líder da prova, que soma 46.
Depois de terem vergados os aviadores, por expressivos 71-101, em partida de acerto de calendário, os pupilos de Lazare Adingono tencionam manter o ciclo de triunfos, rumo à conquista do título da 41ª edição do Unitel Basket, competição que caminha para a sua recta final.
Leonel Paulo e Hermenegildo M´bunga, duas importantes unidades na manobra ofensiva da equipa do Eixo-viário, têm estado a treinar de forma condicionada, mas devem fazer parte da lista de convocados, para o clássico dos clássicos da \"bola ao cesto\".
Apesar destas \"contrariedades\", o técnico camaronês ao serviço do Atlético Petróleos de Luanda, Lazare Adingono, está esperançado na conquista dos dois pontos em disputa.
O internacional angolano, Carlos Morais, extremo base, a mais recente aquisição do Atlético Petróleos de Luanda, pode ser a principal atracção do prélio de amanhã, que se espera bastante disputado, a julgar pela qualidade dos dois planteis.
Childe Dundão e Joaquim Pedro \"Quinzinho\", jovens que têm assumido a condução do jogo ofensivo da turma petrolífera, vão ter seguramente a companhia do tetra campeão africano, que regressa ao país, depois de ter jogado nas últimas três épocas na Europa. Hoje, a formação do Atlético Petróleos de Luanda realiza a derradeira sessão de treinos, antes do embate de amanhã, marcado para o Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva.
Entretanto, o Clube Central das Forças Armadas Angolanas, líder incontestável da prova, com 46 pontos, \"viaja\" para o Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, com o único propósito de arrancar os dois pontos em discussão.
O internacional angolano, Mahamed Malick Cissé, extremo base, adoentado, deve falhar o quinto clássico da temporada desportiva 2018/2019, ao passo que o veterano Eduardo Mingas, embora limitado, constitui uma das apostas do técnico Paulo Macedo, para o desafio de amanhã.
Com dois triunfos sobre o Atlético Petróleos de Luanda (90-86 e 76-74), isto no Unitel Basket, contra apenas um desaire (70-80), a formação militar , actual campeã nacional, quer manter o domínio sobre o arqui-rival.
Tal como os petrolíferos da capital, a equipa rubro e negra vai realizar efectuar hoje, no seu reduto, a última sessão de treinos, antes da deslocação ao Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, que poderá conhecer a presença massiva dos amantes da modalidade.
A jornada número um da quarta volta da fase regular, abre às 15h00, com o Futebol Clube Vila Clotilde a medir forças com o Clube de Formação Desportiva Kwanza, desafio agendado para o Pavilhão 28 de Fevereiro; a Academia Helmarc vai defrontar às 16h00, no Pavilhão Arena do Kilamba, o Clube Desportivo Marinha de Guerra, ao passo que o Grupo Desportivo Interclube recebe no seu reduto a Universidade Lusíada, às 18h00.