Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro regressa Taa das Taas

Silva Cacuti - 03 de Março, 2018

Desde a primeira presena em 2008 Petro de Luanda conquistou as edies todas em que participou

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

A inscrição da equipa de andebol sénior feminina do Petro de Luanda, é uma das notas sonantes da 34ª edição da Taça dos Vencedores das Taças Africanas, aprazada para 13 a 22 de Abril na cidade egípcia do Cairo. A equipa petrolífera volta a uma competição que abandonou desde 2014, aquando da última conquista.
\"Temos duas equipas inscritas nas competições africanas. O 1º de Agosto vai defender os títulos da Supertaça Babacar Fall e da Taça das Taças, também recebemos a inscrição do Petro de Luanda, que este ano volta às competições\", confirmou o António Santos \"Sales\", director executivo da Federação Angolana de Andebol.
 Equilibradas as contas internas, no que tange às conquistas de provas internas, com a conquista da Taça de Angola, no ano passado e da Supertaça Francisco de Almeida, neste ano, a equipa orientada por Vivaldo Eduardo volta ao continente para tentar uma nova saga.
Desde a primeira presença em 2008, o Petro de Luanda conquistou todas as edições em que participou até abandonar a prova em 2014, por dificuldades financeiras. A última final vencida pela equipa do Petro disputou-se em OYO, República do Congo, diante do Fap dos Camarões, a quem as angolanas venceram por 30-21.
Lourdes Monteiro, atleta que este ano mudou-se para o Petro de Luanda pode juntar o seu nome ao número restrito de atletas, que lograram conquistar provas africanas por dois clubes. Depois de tê-lo feito pelo 1º de Agosto, Lourdes vai em busca do caneco, pela sua nova equipa.
O 1º de Agosto recebeu o testemunho e já vai imbatível, com conquistas desde 2015.
Antes da Taça das Taças, no mesmo palco, disputa-se no dia 12 de Abril a Supertaça africana designada Babacar Fall, em que o 1º de Agosto que é o detentor dos títulos da taça dos Campeões e da taça das taças vai defrontar o Fap dos Camarões, finalista derrotado na última taça das taças.

Torneio homenageia
Março Mulher

O jogo entre as equipas da Casa do Pessoal do Porto do Lobito (CPPL) e do Petro de Luanda no campo do Catetão para o grupo B, é o destaque da abertura do torneio Março Mulher, organizado pela Associação Provincial de Andebol de Luanda (Apal), em parceria com a Associação Mulher e Desporto (Amud), com objectivo de dar rodagem competitiva às equipas para o campeonato provincial e prestar homenagem às mulheres.
Simão Cassule Filho, presidente da Apal, disse ontem durante uma conferência de imprensa, que todos aspectos técnicos e logísticos referentes à competição estão assegurados.
Além das equipas luandenses, a prova conta com as benguelenses Crisgunza e CPPL, que estão desde ontem em Luanda. A equipa do Crisgunza joga pela primeira vez, enquanto a CPPL já jogou a primeira edição, no ano passado.
\"A CPPL vai ficar alojada no RI 20, uma gentileza do 1º de Agosto, enquanto a equipa do Crisgunza vai alojar-se no Clube Ferroviário de Luanda, que também cedeu as suas instalações, disse o responsável da Apal.
A segunda edição o \"Março Mulher\" tem a particularidade de contar com as estreias do 1º de Agosto, que não jogou no ano passado, da Epal, e da benguense Crisgunza, equipas criada neste ano.
A primeira fase do torneio vai decorrer nos campos do RI20 (serie A) e do Catetão (série B). Cada grupo joga a uma \"mão\" e apura os dois primeiros para a semi-final. A semi-final e a final jogam-se na Cidadela, nos dias 7 e 8 de Março.
Simão Filho disse que as entradas são livres e as equipas estão isentas de pagar qualquer taxa. \"Sentimos que as pessoas já estão a gostar do andebol, por isso, estamos confiantes em ter casa cheia nos dias do torneio, particularmente na fase final, por isso, queremos aproveitar convidar especialmente as senhoras\".