Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pilotos da frmula 1 ameaam boicotar GP da Alemanha

06 de Julho, 2013

Pilotos ameaam sair do curcuito de Nuerburgring como protesto contra o rebentemento de pneus

Fotografia: AFP


A “Grand Prix Drivers' Association” (Associação de Pilotos de Fórmula 1) deixou quinta-feira, após a reunião entre todos os membros,  a ameaça de boicote ao Grande Prémio da Alemanha, caso os problemas relacionados com os pneus se repitam neste fim-de-semana, no traçado de Nürburgring.

“Os pilotos da Grand Prix Drivers' Association (GPDA) querem expressar toda a sua preocupação aos acontecimentos de Silverstone. Confiámos que as mudanças feitas vão ter os resultados desejados e que os problemas não voltem a acontecer no GP da Alemanha”, pode ler-se no comunicado.

“Estamos preparados para levar os nossos carros ao limite, como sempre fazemos, seguindo o que as equipas, pratrocinadores e adeptos desejam. Contudo, os pilotos decidiram que, se ocorrerem problemas similares durante o GP da Alemanha, vamos automaticamente retirar-nos do evento, de forma a evitar colocar em risco as vidas de pilotos, comissários de pista e adeptos”, acrescenta a GPDA.

Cinco pilotos sofreram explosões nos pneus no último domingo, um pedaço deles quase acertou na cabeça de Fernando Alonso, da Ferrari, aumentam assim os temores de lesão, depois do seu companheiro de equipa, Felipe Massa, ter ficado ferido ao ser atingido no capacete por uma mola em 2009.

Depois da intervenção da FIA, a Pirelli levou diferentes pneus traseiros para a Nuerburgring, com um cinto interno feito de fibra sintética Kevlar, ao invés de aço.


Rosberg melhora desempenho


Depois de não somar pontos em duas das três primeiras corridas do ano, Nico Rosberg passou a apresentar bons resultados e figurar entre os primeiros. Depois de duas vitórias nas últimas três provas, o piloto vem diminuindo a diferença para o líder Sebastian Vettel, mas afirma que ainda não pensa no título do Mundial.

“É muito cedo para dizer se vou ser campeão. Estou apenas a pensar numa corrida de cada vez para tentar tirar o máximo proveito. Fizemos isso nas últimas corridas e tem sido fantástico para mim. Eu realmente não quero pensar ainda no título mundial”, afirmou.

No quarto ano na Mercedes, Rosberg ocupa actualmente a sexta posição na classificação geral de pilotos, com 82 pontos, 50 atrás de Vettel. Faltam ainda 11 corridas mas a pontuação actual já se aproxima da campanha do piloto em 2012, quando terminou com 93 pontos.

Feliz com o desempenho, Nico também sublinha o desenvolvimento da Mercedes, que tem um carro muito competitivo esta temporada.