Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pimenta lamenta ausncia de Maria Samalinha

lvaro Alexandre - 01 de Junho, 2013

A ausncia da mesatenista Maria Samalinha, do Clube Desportivo da Hula

Fotografia: Jornal dos Desportos

A ausência da mesatenista Maria Samalinha, do Clube Desportivo da Huíla, nas sessões de treinos preparatórios da Selecção Nacional sénior feminina, está a preocupar o seleccionador nacional Manuel Pimenta, que enfrenta enormes dificuldades para montar um conjunto, tendo em conta a participação de Angola no Campeonato Africano da ITTF, previsto para o período de 2 a 3 do mês de Julho, na cidade de Brazzaville, Congo.

O seleccionador nacional Manuel Pimenta não sabe a verdadeira razão que faz com que a atleta Maria Samalinha, do Clube Desportivo da Huíla, não se apresente na Selecção Nacional. “A atleta continua na província da Huíla.

Está há mais de um mês fora da selecção. Em Abril a mesatenista da Huíla foi dispensada para gozar um repouso junto da família, após participar nos Campeonatos Africanos de cadetes, juvenis e juniores, realizados de 28 de Março a 6 de Abril, na cidade de Nabeul, Tunísia. Até à data ainda não regressou para juntar-se ao grupo”, lamentou.

Com a injustificada ausência da jogadora do Clube Desportivo da Huíla o combinado angolano ficou confinado a duas mesatenistas. “A selecção nacional feminina está a trabalhar simplesmente com Ruth Tavares e Isabel Albino, ambas da Escola de Ténis de Mesa de Luanda”, reforçou.

A preparação da pré-selecção masculina continua a decorrer sem grandes sobressaltos. “O grupo é composto por Hermenegildo Agnelo e Jackson Nazaré, ambos da Universidade Privada de Angola (UPRA), Domingos Manuel e Valdemar Cassanga, ambos do Anglodente, Edvane Neto, Paixão Neto, José Domingos, Elizandro André e Aléssio Peter, todos da Escola de Ténis de Mesa de Luanda”, disse.

Batimento de top direito e esquerdo dominou as principais sessões de treino, realizadas de segunda a sexta-feira, no Centro de Alto Rendimento de Angola (CARA). Para além deste tipo de serviço, os pupilos de Manuel Pimenta diversificaram o treino com exercícios de top spin direito, contra top spin de direita e de esquerda e jogos de cinco sets.

MELHOR DO
RANKING NACIONAL

Edvane Neto, da Escola de Ténis de Mesa de Luanda, comanda o ranking nacional. O atleta da pré-selecção nacional que se prepara para o Africano do Congo, a decorrer de 2 a 3 de Julho, em Brazzaville, está à frente do grupo dos melhores mesatenistas nacionais de 2013, com 60 pontos. Os pontos foram acumulados em quatro torneios, sendo um primeiro, dois segundos e um terceiro lugar.

Os seguintes atletas também integram o ranking nacional: 2º Jackson Nazaré (UPRA), com 50 pontos; 3º Hermenegildo Agnelo (UPRA), com 40 pontos; 4º Elizandro André (da Escola de Ténis de Mesa de Luanda), com 26 pontos; 5º Paixão Neto (da Escola de Ténis de Mesa de Luanda), com 21 pontos; 6º Valdemar Cassanga (do Anglodente), com 14 pontos; 7º José Mayone (da Escola de Ténis de Mesa de Luanda), com 11 pontos; 8º Domingos Manuel (Anglodente), com 6 pontos; 9º Aléssio Peter (da Escola de Ténis de Mesa de Luanda), com 2 pontos; e José Domingos (da Escola de Ténis de Mesa de Luanda), com 2 pontos.               
Álvaro Alexandre