Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Polícia Nacional festeja na prancha

H?lder Jeremias - 04 de Março, 2017

Campo do Teka -Kuna reúne altas patentes da corporação para testemunhar a jornada

Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Os atiradores da Força Aérea Nacional, do 1º de Agosto, do Clube de Tiro e Pescas do Lubango, da Socolill, do Clube de Tiro Caça e Pescas de Benguela e do Interclube juntam-se hoje, a partir das 9h00, nas pranchas do campo de tiro do Interclube, ao bairro Teka-Kuna, no município de Belas, para a disputa do Grande Prémio Polícia Nacional. A final está marcada para amanhã, às 16h00.

Pontuável para a segunda jornada do Campeonato nacional de Fosso Olímpico, o evento junta os atiradores com mais precisão sobre alvo, numa renhida disputa testemunhada por altas patentes da corporação aniversariante. A Polícia Nacional celebrou no passado dia 28 de Fevereiro, 41 anos de existência.

Ontem, realizou-se as sessões de treino livre, e o sorteio de disputa. Estiveram presentes os representantes das províncias de Benguela, Huíla , Cuanza Sul, e a anfitriã, Luanda. No final da sessão de treino, cada atirador aferiu a técnica de precisão de tiro, sobre o alvo em movimento, depois de longos dias de defeso. A primeira jornada foi disputada em Janeiro, no Regimento de Defesa Anti-aérea, ao Cantinton, e inseriu-se nas celebrações daquele ramo das Forças Armadas Angolana.

Apetrechado com equipamentos de topo de gama, o campo de tiro do Interclube foi inaugurado em 2016,  apresenta condições técnicas excelentes e paisagísticas, que permitem a realização de competição intensa, em dois dias. Por outro lado, oferece bons momentos de confraternização entre atletas, dirigentes e convidados.

O atirador do Interclube, Ricardo Lopes, líder da tabela classificativa com 108 pontos, é apontado como o principal candidato à conquista do prestigiante troféu.

A boa forma desportiva do atleta do 1º de Agosto, Hírio Baião, detentor da segunda maior pontuação (105), e do seu colega de equipa, Paulo Guga (102), deixam antever dificuldades acrescidas para Filipe Falcão, Francisco Gastão, Jorge Perestrelo, Pigui Chaves, Jorge Nobre Paulo Silva,  Paulo Alves, entre outros.

Liderados pelo presidente de direcção, Alves Simões, o departamento de Tiro do Interclube trabalhou em sintonia com a equipa da Força Aérea Nacional, e da Federação Angolana de Tiro, para garantir o transporte dos atiradores e a criação de condições administrativas, de acordo com Ruca Mendonça, responsável pelo departamento.  

Os convidados e os profissionais da comunicação social concentra-se hoje, e amanhã, por volta das 7h30, próximo das bombas de combustível da Pumangol, à entrada da Centralidade do Kilamba, de onde são transportados até às instalações do certame.