Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Polnia campe

23 de Setembro, 2014

Os outros integrantes da seleco ganharam dez mil dlares (cerca de um milho de kwanzas).

Fotografia: AFP

A Polónia conquistou domingo, 40 anos depois, o seu segundo título de campeã mundial de voleibol, ao vencer o tricampeão em título Brasil por 3-1, na final disputada em Katowice.

Perante 12.000 espectadores, a formação da casa repetiu o triunfo de 1974 e vingou o desaire face aos "canarinhos" na final da edição de 2006, em Tóquio, ao vencer em quatro "sets", pelos parciais de 18-25, 25-22, 25-23 e 25-22. Os brasileiros começaram melhor e venceram o primeiro parcial por desequilibrados 25-18.

Os polacos talvez tenham temido que se pudesse repetir 2006, ano em que os brasileiros se impuseram por claros 25-12, 25-22 e 25-17. A formação polaca não acusou, no entanto, a entrada em falso e deu a volta ao resultado, vencendo os três parciais seguintes, o último depois de ter estado a perder por 20-17 e quando os "canarinhos" ameaçavam a "negra".

Mariusz Wlasly
eleito o MVP

O título da Polónia no Campeonato Mundial de voleibol também coroou o oposto Mariusz Wlasly, como o melhor jogador do torneio. O polaco recebeu 30 mil dólares (cerca de três milhões de kwanzas) por ter sido o melhor jogador da edição 2014, do Mundial. Os outros integrantes da selecção ganharam dez mil dólares (cerca de um milhão de kwanzas).

Para além da eleição a MVP, Wlasly integrou também a selecção ideal ao lado dos brasileiros Lucarelli e Murilo, dos alemãos Macrus Bohme e Lukas Kampa, do polaco Karol Klos e do francês Jenia Grebennikov.