Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Porta-bandeira definida por votação popular

19 de Julho, 2016

A eleição é promovida pelo COB no site da Globo

Fotografia: AFP

O Comité Olímpico do Brasil (COB) vai definir por meio de voto popular, quem vai ser o porta-bandeira da delegação do país, na cerimónia de abertura nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O "UOL Esporte" apurou que a lista tem Robert Scheidt (vela), Serginho (voleibol) e Yane Marques (pentatlo moderno).

Destes, só o líbero ainda não tem vaga 100 por cento assegurada na competição, e ainda depende da lista final do técnico Bernardinho. A eleição é promovida pelo COB no site da Globo.  A campanha começa a ser lançada no domingo pela emissora, mas foi adiada. O resultado, por sua vez, é divulgado no dia 31 de Julho, no programa Fantástico, da Rede Globo.

Nomes como Sarah Menezes (judo) e Arthur Zanetti (ginástica artística), ambos medalha de ouro na Olimpíada de 2012, não foram incluídos na votação, uma vez que competem justamente no dia posterior ao da abertura da Rio-2016. Pelo mesmo motivo, jogadoras da selecção feminina de voleibol, que também foram campeãs em Londres-2012, foram igualmente preteridas. A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2016 acontece no dia 5 de Agosto, no Estádio do Maracanã.Dos três atletas que estão na lista elaborada pelo COB, só Yane Marques não é campeã olímpica. Em 2012, ela ficou com o bronze. Robert Scheidt já foi porta-bandeira na abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim-2008.

JOGOS DE 2018
Aplicativo de tradução automática


O Instituto de Tecnologias e Electrónica (Etri) da Coreria do Sul anunciou ontem  o desenvolvimento de um aplicativo de tradução automática para smartphones, destinada a turistas, que vão aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, em 2018.O software gratuito é capaz de traduzir entre palavras escritas ou ditadas em coreano, e outros oito idiomas (inglês, espanhol, chinês, alemão, árabe, francês, russo e japonês).

O aplicativo, baptizado como Genie talk, foi desenvolvido conjuntamente pelo citado instituto tecnológico nacional e a companhia sul-coreana Hancom Interfree, que já tinha criado previamente outro tradutor automático para coreano e inglês.O programa é capaz de reconhecer 270 mil palavras coreanas, e cerca de 65 mil em inglês, e é compatível com dispositivos móveis com sistemas operacionais Android e iOS.